Sarah Menezes vence no último segundo e leva o bronze

Por Carolina Santos
Sarah Menezes fatura terceira medalha em mundiais | Sergio Moraes / Reuters Sarah Menezes fatura terceira medalha em mundiais | Sergio Moraes / Reuters

A brasileira Sarah Menezes garantiu a primeira medalha para o Brasil no Mundial de Judô, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. Disputando a competição credenciada pelo título olímpico em Londres (na categoria até 48kg), Sarah venceu a norte-coreana Kim Sol Mi em uma luta com um fim emocionante, conseguindo um ippon no último segundo, e faturou a medalha de bronze.

A brasileira saiu perdendo, levando duas punições. Mas Sarah reagiu e conseguiu um empate, também em penalidades, com o combate já perto do fim. Tudo levava a crer que a luta seria decidida no “golden score”, mas Sarah surpreendeu a adversária e aplicou o golpe perfeito no último segundo.

Esta foi a terceira medalha de Sarah em mundiais, todas de bronze. As outras foram conquistadas em 2010 (Tóquio) e 2011 (Paris).

A forma dramática como conquistou o bronze ajudou a aplacar a decepção pela derrota na semifinal, para a mongol Urantsetseg Munkhbat. Assim como aconteceu na disputa pelo terceiro lugar, a brasileira levou uma punição o início da luta e passou todo o restante do combate atrás na pontuação. A adversária conseguiu dois yuko e venceu. Depois, a mangol faturou o ouro ao bater a japonesa Haruna Asami na final. O outro bronze da competição foi para a belga Charline Van Snick.

O dia começou bom para a Sarah, que venceu Aigul Baikuleva, do Cazaquistão, com um wazari. Nas oitavas, a vítima foi a belga Amelie Rosseneu, derrotada por ippon, mesma pontuação da vitória sobre a turca Ebru Sahin, nas quartas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo