Mauro Beting: Palmeiras, nossa vida é você!

Por talita

“Campeão do século 20” pelos rankings da Federação Paulista, de uma revista e de dois jornais. É o Palestra Itália que nasceu em 26 de agosto de 1914 e virou Palmeiras em 14 de setembro de 1942. Clube que virou história como o maior campeão nacional do país mais vezes campeão mundial. Academias que mais venceram títulos brasileiros na época de ouro do nosso futebol, de 1958 a 1973. Verdão que voltou a ser campeão quando o futebol brasileiro voltou a conquistar o mundo, em 1994.

Veja também
Arrumando a casa, Verdão começa hoje a contagem para o centenário

Esta sociedade esportiva tem compromisso com a história e a glória. Está no estatuto do clube. Em cada estádio dos leais rivais. Em cada espírito de porco. De periquito.

Este século ainda não é o que foi para o Palmeiras o passado. Mas o presente para o futuro já começou. Afinal, se o século 20 foi conquistado pelo Palestra a partir do primeiro título paulista, em 1920, por que não pode vencer o século 21 do mesmo modo? Com o Palmeiras de sempre.

No renovado estádio do Palestra Itália. Allianz Parque que será símbolo do moderno tabelando com o tradicional. Do Palestra Itália jogando com o Palmeiras. Aliança que irmana uma família de credo, de cor e de fé.  Aliança de um amor incondicional que só se multiplica. Não tem divisão. Amor que soma. O amor que somos. Palmeiras.

O presente dos 99 anos palestrinos é do futebol brasileiro. O futuro é de uma família que ama ainda que brigue tanto. De uma família que une ainda que desunida. De uma família. De um alviverde inteiro.

Não somos mais. Não somos menos. Somos Palmeiras. Basta.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo