Milan cede empate ao PSV, mas sai em vantagem na Liga dos Campeões

Time italiano sentiu cansaço do 1º jogo oficial, mas leva bom resultado de volta para Milão, onde decide vaga na fase de grupos da Liga

Milan, de Balotelli, sentiu o cansaço no segundo tempo | Toussaint Kluiters/Reuters Milan, de Balotelli, sentiu o cansaço no segundo tempo | Toussaint Kluiters/Reuters

Por ter saído na frente no marcador, o Milan pode se sentir prejudicado pelo empate em 1 a 1, fora de casa, contra o PSV pelo jogo de ida da última eliminatória antes da fase de grupos da Liga dos Campeões.No total, porém, o saldo é mais que positivo, já que um empate em 0 a 0 dentro do San Siro classifica o Rubro-Negro italiano no próximo dia 28 de agosto.

Os gols do jogo foram marcados por El Shaarawy e Matavz. O PSV, jogando com uma equipe bastante jovem, foi corajoso e em vários momentos teve o controle do jogo, mas a experiência dos italianos garantiu o bom resultado fora, no primeiro jogo oficial na temporada. Os holandeses já passaram por três rodadas na liga nacional.

O primeiro tempo pode ser dividido entre antes e depois do gol do Milan. Empolgado com a torcida a favor e tendo seus jovens valores em ótimo dia, os holandeses começaram sufocando os italianos. Depay pela esquerda era o principal alvo dos lançamentos. O jovem sempre tentava o chute ou um cruzamento perigoso. Pelo meio, Maher  e Wijnaldum também chegavam com perigo.

No entanto, o time avançou demais e deu duas brechas para o Milan. Na segunda, Boateng enfiou a bola para Abate, que achou El Shaarawy. O Faraó não perdoou, abriu o placar e esfriou os ânimos da jovem equipe do PSV. A partir daí, o Rubro-Negro italiano finalmente colocou a bola no pé, equilibrou as ações e, em certos momentos, foi até melhor.

O PSV, por sua vez, seguia com a tática de chutar de tudo quanto é canto. Sempre que a defesa milanista dava mole, era uma finalização dos holandeses. O primeiro tempo passou e a etapa complementar chegou, com o goleiro Abbiati finalmente falhando. Ele colocou rebote na cabeça do atacante Matavz, que empatou o jogo – curiosamente, quando o Milan tinha o jogo em seus pés.

Novamente, o gol foi responsável por uma mudança de controle do jogo. O PSV passou a tomar conta das ações, enquanto o Milan tentava contra-ataques. Balotelli jogava quase como um armador para El Shaarawy, e chegou a colocar seu companheiro de ataque em boas situações.

Loading...
Revisa el siguiente artículo