Edu Dracena se irrita com empate do Santos em casa e evoca Muricy

Peixe sofreu o gol de empate nos últimos minutos da partida da noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro

Edu Dracena marcou o gol da vitória contra o Vasco | Ricardo Saibun/Divulgação Edu Dracena marcou o gol contra o Vasco | Ricardo Saibun/Divulgação

O capitão Edu Dracena saiu bastante irritado do campo da Vila Belmiro, na noite desta quarta-feira, após o empate por 1 a 1 com o Vasco. O zagueiro do Santos evocou Muricy Ramalho, ex-técnico do time, ao dizer a famosa frase “a bola pune”. O Peixe ganhava a partida até os acréscimos, quando sofreu o gol de Rafael Vaz.

Edu Dracena também lembrou o confronto com o Coritiba, no empate por 2 a 2, pela oitava rodada do Brasileirão, no dia 21 de julho. Na ocasião, o Santos também vencia o jogo, teve chances de ampliar o resultado, mas acabou sofrendo o empate no fim.

“Está 1 a 0 no finalzinho do jogo, tem de cadenciar. Não pode sofrer um gol assim. Contra o Coritiba foi a mesma coisa, não pode. Tem de cadenciar o jogo, experiência, cadenciar a bola”, disse Edu Dracena, autor do gol santista.

“Tivemos muitas chances, o futebol não permite perder muitas chances. Como disse o Muricy, a bola pune. No Brasileiro não pode bobear”, completou o zagueiro.

Com o empate, o Santos chegou aos 15 pontos na tabela e perdeu a chance de encostar no G4 do Campeonato Brasileiro. O Corinthians, quarto colocado, tem 21 pontos e joga nesta quarta, diante do Fluminense, no Maracanã.

Loading...
Revisa el siguiente artículo