Corinthians não sai do zero com o Flu e deixa o G-4 do Brasileirão

Por Tercio Braga
Nem com um a mais no final do jogo o Corinthians, de Romarinho, conseguiu marcar | Bruno Haddad/Divulgação Nem com um a mais no final do jogo o Corinthians, de Romarinho, conseguiu marcar | Bruno Haddad/Divulgação

Mais uma vez o Corinthians deixou o campo com apenas um ponto. Contra o Fluminense, nesta quarta-feira, o jogo válido pela 14ª rodada acabou com a igualdade por 0 a 0, levando a equipe do técnico Tite à sétima partida empatada. Com o resultado, o time alvinegro ainda terminará a rodada fora do G4 do Brasileirão.

Com o resultado, o Corinthians chegou ao sétimo jogo seguido sem derrota no Brasileirão, mas caiu da quarta para a sexta colocação, com 22 pontos. Já o Flu, que não ganha há quatro jogos, se manteve em 14º, com 15.

O jogo

Tanto Tite quanto Luxemburgo fizeram várias mudanças nas equipes. No Timão, Renato Augusto entrou na vaga de Danilo, que foi poupado e começou no banco, e Paulo André voltou de suspensão. No Flu, Gum também voltou à defesa após cumprir gancho contra o Flamengo e Luxa apostou nos jovens Willian (volante e estreante) e Kenedy (atacante) nas vagas de Jean e Fred, que defenderam a Seleção Brasileira no amistoso contra a Suíça. Suspenso, Carlinhos deu lugar a Ronan. E, por opção técnica, Diguinho ganhou a vaga de Eduardo.

De volta ao Maracanã pela primeira vez desde 2009, já que o estádio ficou fechado para obras, o Timão começou o jogo com boa troca de passes e triangulações. Enquanto isso, a equipe carioca exercia a marcação pressão e apostava nas bolas enviadas para os homens de ataque. Em um desses passes em profundidade, Felipe encontrou Diguinho dentro da área. O volante chutou cruzado, mas Cássio e Edenilson afastaram bem.

A resposta veio alguns minutos depois, quando Renato Augusto abriu bola para Alexandre Pato pelo lado direito. O camisa 7 passou por Leandro Euzébio e bateu, mas Diego Cavalieri rebateu com inteligência.

Segundo tempo

O gol que demorava a sair até aconteceu, mas não valeu. Com 11 minutos da segunda etapa, após batida de escanteio, Leandro Euzébio cabeceou e encontrou Felipe completamente livre – e em posição de impedimento. Após a cabeçada para o fundo das redes, a arbitragem anulou o tento. Que poderia ter saído seis minutos depois. Igor Julião acertou uma bomba, Cássio espalmou e Samuel cabeceou livre, mas para fora.

No Timão, as chances pareciam secar. Alexandre Pato, com 99 gols na carreira, não criou mais nenhuma oportunidade, sendo substituído por Douglas aos 26 minutos. A partir da expulsão de Gum, Tite ousou nas substituições. Volante, Guilherme deu lugar ao meia Danilo. Zagueiro, Paulo André saiu para a entrada de Ibson.

O Flu, acuado, só chegou á área com igor Julião, que caiu e reclamou de empurrão de Fábio santos, ignorado pelo árbitro André Luiz de Freitas Castro. Assim, o jogo ficou mesmo no 0 a 0.

Na próxima rodada, o Fluminense visita o Náutico no sábado, às 18h30 (de Brasília), na Arena Pernambuco, e o Timão recebe o Coritiba, domingo, às 16h, no Pacaembu.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo