Vice-lanterna, São Paulo tenta se manter lúcido

Por Carolina Santos
“Não sou eu quem vai perder a lucidez”, afirma Autuori | Toru Hanai “Não sou eu quem vai perder a lucidez”, afirma Autuori | Toru Hanai

O sinal de alerta já foi ligado faz tempo no São Paulo. A derrota para a Portuguesa, domingo, por 2 a 1, tornou a situação tricolor ainda mais crítica, a um ponto da lanterna do Campeonato Brasileiro. O clima interno não é nada bom. Mesmo assim, o técnico Paulo Autuori afirmou que a equipe precisa se manter lúcida.

“Não vou ser eu quem vai perder a lucidez, já falei isso para os jogadores. Para explicar derrotas, não há justificativa. Mas temos de saber como ir. Na marra, não se faz nada. Eu falei isso para o grupo no vestiário”, disse o treinador, que, em dez partidas no comando da equipe, teve oito derrotas, uma vitória e um empate.

 

Matemática preocupa

E é bom que o treinador são-paulino fique atento. O desempenho tricolor – 9 pontos em 12 jogos no Brasileiro – é pior do que o do Corinthians em 2007 e o do Palmeiras em 2012. Nesses anos, os rivais  caíram para a Série B.

Com 12 partidas no ano passado, o Verdão somava 10 pontos. Já o Corinthians, em 2007, encerrou a 12ª rodada com 17 pontos. E há outros clubes rebaixados que estavam melhores que o São Paulo. Em 2008, o Vasco tinha 15 pontos com 12 jogos enquanto o Grêmio somou 14 em 2004.

A “esperança” é o Atlético-MG: foi rebaixado com oito pontos em 12 jogos em 2005.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo