Adrian Sutil cita mágoa com o “ex-amigo” Lewis Hamilton

Por BAND

O piloto Adrian Sutil, da Force India, declarou que sua amizade com o inglês Lewis Hamilton não existe mais. Em 2011, após o GP da China de Fórmula 1, os dois pilotos se divertiam em uma casa noturna de Xangai, até que o alemão envolveu-se em uma confusão com o dono da Lotus, Eric Lux. Na época, Hamilton foi convocado para a depor em favor de Sutil, mas alegou compromissos profissionais com a McLaren e enviou apenas uma declaração por escrito, na qual alegava não se lembrar da briga em questão.

“Por algum motivo, ele nunca me procurou. Lewis sempre disse que era meu amigo, mas resolveu desaparecer de repente e até mudou seu número. Quando eu o vi no paddock, ele disse: ‘vamos sentar e conversar sobre isso’, mas ele nunca veio”, disse Sutil, em entrevista ao site “GP Week”.

“Eu realmente não respeito esse tipo de gente e perdi o respeito por ele como pessoa. Ainda respeito-o como atleta, mas ele não está no mesmo nível pessoal que eu e não tenho vontade de perder tempo com este tipo de gente. Estou realmente muito feliz de ter descoberto quem ele é de verdade. Tenho bons amigos. Amigos com os quais gosto de conviver e isto é o mais importante. Estou feliz que tenha descoberto cedo”, completou o alemão.

Na polêmica chinesa, Sutil pagou uma multa de R$ 460 mil em moeda europeia. O valor foi revertido em doações a instituições de caridade locais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo