Turquia suspende medalhista olímpico e mais 30 atletas por doping

Pelo menos três atletas que disputaram a Olimpíada de Londres estão na lista

Por BAND

A Federação de Atletismo da Turquia anunciou nesta segunda-feira a suspensão de 31 atletas por dois anos, todos por conta de envolvimento com doping. A lista dos atletas foi divulgada no site da TAF, mas a entidade não especificou quais substâncias foram utilizadas.

Entre os atletas está Esref Apak, que foi medalhista de prata no lançamento de martelo na Olimpíada de Atenas, em 2004. A lista ainda contém atletas que estiveram na Olimpíada de Londres, ano passado.

“Os atletas violaram as rígidas leis antidoping da Turquia. Este trabalho é parte de uma coordenada e agressiva campanha contra o doping que estamos colocando em prática há mais de seis meses e será reforçada”, disse Ugur Erderner, presidente do Comité Olímpico da Turquia.

Os atletas foram suspensos justamente três dias após o presidente da Federação Turca de Atletismo, Mehmet Terzi, ter anunciado a renúncia ao cargo que ocupou por nove anos. Os problemas com doping na Turquia ainda podem atrapalhar a candidatura de Instambul para sediar a Olimpíada de 2020 – Madri e Tóquio são os concorrentes.

Na última semana, a Federação Internacional de Atletismo (IAAF) já havia comunicado a suspensão de nove atletas da Turquia. A maioria dos atletas foram flagrados antes dos Jogos Mediterrâneos, que foram realizados no mês passado, na cidade turca de Mersin.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo