Kimball surpreende em Mid-Ohio e ganha. Helinho completa em sexto

Por BAND
Charlie Kimball comemora sua primeira vitória em 2013 | Dave Lewandowiski/Indycar Charlie Kimball comemora sua primeira vitória em 2013 | Dave Lewandowiski/Indycar

O GP de Mid-Ohio (EUA) disputado neste domingo (4), no circuito misto da cidade de Lexinton foi vencido por Charlie Kimball, que conquistou sua primeira vitória na temporada. Em segundo lugar ficou Simon Pagenaud, seguido por Dario Franchitti em terceiro. Will Power e Ryan Hunter-Reay fecharam o top-5. Entre os brasileiros, Helio Castroneves foi o sexto colocado e Tony Kanaan abandonou com problemas no carro.

Logo na largada, Ryan Hunter-Reay pulou na ponta com Will Power na sua cola e Scott Dixon em terceiro. Mais atrás, Helio Castroneves perdeu duas posições em relação à largada e caiu para 16º, enquanto Tony Kanaan ganhou uma e subiu de 20º para 18º.

O estreante Luca Filippi, que saiu da última posição do grid, ganhou três posições e saltou para 21º, enquanto James Davison, que também estreou na Indy em Mid-Ohio, pulou de 17º para 16º colocado.

A partir da décima volta, alguns pilotos iniciaram suas paradas para reabastecimento e troca de pneus e o primeiro a parar foi James Hinchcliffe. A essa altura, Helio Castroneves se recuperava e assumia a 12ª posição. Situação adversa vivia Marco Andretti, que lento na pista, não parava de perder posições e na 15ª volta caia de quarto do grid para a nona posição.

Na 30ª volta, Hunter-Reay, Power e Dixon pararam juntos nos pits. Na volta para a pista, foram surpreendidos por Simon Pagenaud, que com pneus mais aquecidos os ultrapassou ao mesmo tempo. A essa altura, o líder da corrida era Charlie Kimball, com James Hinchcliffe em segundo e Pagenaud em terceiro.

Mais atrás, Helinho seguia sua escalada e já ocupava a décima posição. Kanaan também ganhou alguns postos e a essa altura ocupava a 15ª posição. Enquanto isso, Kimball seguia líder e registrava a volta mais rápida da prova. Pouco depois, Kimball parou para troca de pneus e reabastecimento e perdeu a liderança para Simon Pagenaud.

Com uma estratégia mais ousada, Tony Kanaan se segurou na pista e fez sua primeira parada para reabastecimento apenas na 39ª volta. Pouco depois, Helinho, então décimo colocado, fez a sua parada e caiu para 13º.

Na 48ª volta, Kimball recuperou a liderança, que era de Pagenaud, quando o Francês parou para colocar combustível e trocar pneus. Um pouco mais atrás, Helinho seguia ultrapassando adversários e já ocupava a sétima posição, enquanto Kanaan era o 14º.

Entre os estreantes, Luca Filippi, último do grid, ocupava a 15ª posição, enquanto James Davison não conseguiu desempenho semelhante do italiano e era o 18º, duas posições abaixo de seu posto de largada.

A 29 voltas para o final, Hunter-Reay e Will Power pararam ao mesmo tempo para trocar pneus, mas o piloto da Andretti se atrapalhou e posicionou seu carro fora de posição. Por causa do erro, Hunter-Reay acabou sendo ultrapassado por Power dentro dos pits. Quatro voltas mais tarde, Tony Kanaan enfrentou problemas em seu carro e abandonou a prova logo depois de parar nos pits.

Entre os líderes, a troca por posições se deu, mais uma vez, durante uma parada nos pits. O até então líder, Charlie Kimball, parou, caiu para segundo e voltou para a pista atrás de Ernesto Viso, que mesmo sendo retardatário, não facilitou a vida do piloto da Andretti.

Pagenaud, que herdou a ponta de Kimball parou um pouco depois do piloto de Kimball, conseguiu voltar na frente do americano, mas como estava com pneus mais frios, foi ultrapassado pelo piloto da Andretti.

Mais atrás, Helio Castroneves, que ocupava a sexta posição, sofria o ataque de Marco Andretti, que trazia junto com ele o principal rival de Castroneves na briga pelo campeonato, Scott Dixon. Com a faca nos dentes, Helio conseguiu se defender e segurou Andretti e Dixon.

A dez voltas para o fim da corrida, Kimball seguia com quatro segundos de vantagem sobre Pagenaud e mantinha a liderança em situação mais confortável.

Um pouco mais atrás, a quatro voltas para o fim, Helio Castroneves era seguido de perto por Scott Dixon, que conseguiu se desvencilhar de Marco Andretti e encostou no brasileiro, que teve muito trabalho para segurar a sexta posição.

No fim das contas, Charlie Kimball acabou cruzando a linha de chegada na primeira posição, conquistando sua primeira vitória na Fórmula Indy. O segundo lugar ficou com Simon Pagenaud e o terceiro foi Dario Franchitti. Will Power e Ryan Hunter-Reay fecharam o top-5.

Entre os brasileiros, Helio Castroneves cruzou a linha de chegada em sexto e conseguiu manter a liderança do campeonato, enquanto Tony Kanaan foi obrigado a abandonar a prova com problemas no carro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo