São Paulo pega o Benfica por fim de jejum

Tricolor pode igualar a marca do Timão, que ficou 15 partidas sem vencer e é a maior do milênio entre os grandes paulistas

Por BAND

A excursão pelo mundo do São Paulo aterrissa em solo português. Após a passagem por Munique, na Alemanha, para a disputa da Copa Audi, a mala tricolor está mais pesada. O recorde negativo de jogos sem vencer aumentou para 14 e o de partidas sem balançar as redes chegou à seis. Neste sábado, o Tricolor tentará uma vez por todas findar os maus resultados diante do Benfica (POR), no Estádio da Luz, às 15h45 (horário de Brasília), em jogo válido pela Copa Eusébio.

 

Caso o clube do Morumbi não consiga a vitória, chegará ao 15º confronto sem vitória e igualará a pior marca do milênio entre os grandes clubes do estado, que pertence ao Corinthians, entre 2000 e 2001. Os recordes de Palmeiras e Santos são de dez duelos.

 

E do lado do adversário, há um jogador que terá um gostinho especial por enfrentar o São Paulo. Afastado em maio pela comissão técnica e por Ney Franco, o lateral-esquerdo Cortez foi emprestado pelo Tricolor para a temporada 2013/14 e fará a sua estreia no Estádio da Luz justamente contra o clube do Morumbi. Ainda se adaptando, o jogador mora no mesmo hotel em que a delegação paulista está hospedada.

 

A maratona de jogos e viagens tem causado bastante desgaste físico aos jogadores. O zagueiro Paulo Miranda retornará ao Brasil após sofrer uma lesão na coxa esquerda. Mesmo assim, o técnico Paulo Autuori escalará os titulares diante dos Encarnados.

 

“Nós jogamos ontem e anteontem. Tivemos uma viagem hoje (sexta-feira), os jogadores vieram para cá para tirar a viagem das pernas. Eu vou conversar com eles à noite, saber como estão e fazer um balanço. Mas não vai fugir muito, se tudo correr dentro do que espero, da estrutura que jogamos contra o Corinthians e iniciamos diante do Bayern de Munique”, declarou o treinador, após o treino no estádio do clube português.

 

Os volantes Wellington, Fabrício e Rodrigo Caio permanecem na equipe titular. A incumbência no setor de criação fica com o meia Jadson. Paulo Henrique Ganso, que tem atuado muito abaixo do potencial, é reserva. À frente, Aloísio e Osvaldo tentam acabar com a má fase do setor ofensivo, que não balança as redes há seis jogos, igualando a marca de 1936.

 

No Benfica, o goleiro Artur não poderá enfrentar o São Paulo. Suspenso por um jogo, o jogador dará lugar a Paulo Lopes.

 

“Infelizmente, não vou estar em campo na festa da Eusébio Cup, mas vou estar no estádio para apoiar os meus companheiros e para homenagear a grande figura do Benfica, o Eusébio”, declarou o jogador, por meio do Facebook.

 

No ataque, os Encarnados contarão com o poder de definição do atacante brasileiro Lima, destaque da equipe portuguesa na temporada passada e também nos amistosos de pré-temporada.

 

O que é a Copa Eusébio?

 

A Copa Eusébio é um torneio amigável, organizado pelo Benfica uma vez por ano desde 2008, para homenagear o ex-jogador português Eusébio, considerado o melhor atleta luso no esporte. Os Encarnados já faturaram em três oportunidades a taça.

 

FICHA TÉCNICA:

 

BENFICA (POR) x SÃO PAULO

 

Local: Estádio da Luz, em Lisboa (POR)
Data/Horário: 3/8/2013, às 15h45 (horário de Brasília)

 

BENFICA: Paulo Lopes, Maxi Pereira, Luisão, Garay (Lisandro López) e Cortez; Matic, Sálvio, Enzo Perez e Gaitán; Djuricic e Lima. Técnico: Jorge Jesus

 

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Douglas, Rafael Toloi, Edson Silva e Reinaldo; Wellington, Fabrício, Rodrigo Caio e Jadson; Osvaldo e Aloísio. Técnico: Paulo Autuori

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo