Além de Thiago Pereira, novos nomes da natação se garantem em finais

Por Carolina Santos
Thiago Pereira se garantiu nos 200m Medley| Ezra Shaw/Getty Images Thiago Pereira se garantiu nos 200m Medley| Ezra Shaw/Getty Images

O medalhista olímpico Thiago Pereira e os jovens Marcelo Chierighini e Etiene Medeiros se classificaram para a final de suas provas no Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona, na Espanha, e salvaram um dia em que os finalistas brasileiros falharam.

A quarta-feira começou mal. João Gomes Júnior fez 27s20 na final dos 50m peito e ficou apenas na quinta colocação. “Não era para ser, não estava escrito ainda. Não deu para agora, batalhar para a próxima. Abaixar a cabeça em momento algum”, declarou o nadador.

Leonardo de Deus não teve sorte melhor: ficou apenas na oitava posição na final dos 200m borboleta, com o tempo de 1min56s44. “Cheguei à minha primeira final, estou satisfeito. É um passo de cada vez. Estou feliz.”

Joana Maranhão foi outra que não conseguiu impor o favoritismo nos 200m borboleta. A brasileira ficou em oitavo e demonstrou insatisfação com o resultado e o tempo de 2m14s07: “Eu estava tranquila, mas, quando virei os 100m, não consegui mais nadar. Senti um cansaço muito grande e fiquei.”

Mas o Brasil teve motivos para sorrir, com Thiago Pereira, que conseguiu sua vaga na final dos 200m medley. Já Henrique Rodrigues, que havia sido o sexto pela manhã, disputou a mesma modalidade, mas na segunda bateria. E não conseguiu bater tempo para se classificar.

As grandes surpresas ficaram por conta das revelações Marcelo Chieriguini e Etiene Medeiros, que avançaram às finais dos 100m livre e 50m costas, respectivamente.

As finais acontecem hoje, a partir das 13h. Até aqui o Brasil soma sete medalhas na competição – dois ouros, duas pratas e três bronzes.

Loading...
Revisa el siguiente artículo