Corinthians só pensa no G-4 para se garantir na Libertadores

Por Tercio Braga

A perda do título da Taça Libertadores neste ano, após ser eliminado pelo Boca Juniors (ARG) nas oitavas de final, não abalou o Corinthians. Em situação irregular no Campeonato Brasileiro – o clube é o 13º, com dez pontos ganhos em oito jogos –, o alvinegro quer voltar para a América. Por isso, o G-4 se tornou obrigação.

Para isso, o time precisa vencer o São Paulo domingo, no Pacaembu, pela 9ª rodada do nacional. Nos dois últimos confrontos, melhor para o alvinegro, que conquistou a Recopa Sul-Americana e empurrou o rival na crise.

Mas, de acordo com o atacante Emerson Sheik, isso deve ficar no passado: “Tivemos Libertadores, Paulista e Recopa, mas agora é o momento de parar, pensar e alcançar o G-4, que nos garante Libertadores. A primeira posição vem depois. O objetivo central é o G-4”, disse o camisa 11.

“Por tudo que o Corinthians vem mostrando nas duas últimas temporadas, preocupa [a posição na tabela]. O grupo é qualificado, teve suas conquistas, e não pode estar em uma situação dessas no Campeonato Brasileiro”, completou.

Boa notícia

O volante deve voltar ao time contra o Tricolor. Por conta de uma lesão no músculo adutor da coxa direita, ele desfalcou a equipe no empate por 1 a 1 com o Atlético-PR, domingo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo