Lei Aldir Blanc: São Paulo começa cadastro de artistas para auxílio emergencial de R$ 3 mil

Por Metro Jornal

Com plano de ação aprovado pelo Governo Federal, São Paulo já recebe cadastro de artistas habilitados para receber o auxílio emergencial de R$ 3 mil, pela Lei Aldir Blanc. Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (16), o secretário de Cultura e Economia Sergio Sá Leitão, afirmou que 63 mil profissionais das artes devem ser beneficiados no Estado.

Leia mais:
Parques temáticos reabrem em São Paulo em 23 de setembro
Prejuízo do futebol com pandemia chega a US$ 14 bilhões, projeta Fifa

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

O valor de R$ 189,15 milhões será destinado à renda emergencial. Mulheres provedoras de família monoparentais (ou mães solo) receberão o dobro desse valor e o pagamento deve começar na segunda quinzena de outubro, sete meses após o início da pandemia no Brasil. O cadastro pode ser feito pelo site Dados Culturais.

Editais

O governo de São Paulo vai abrir também 25 editais pelo ProAC LAB (Lei Aldir Blanc), com inscrições que começam nesta quinta-feira (17). O valor investido é de R$ 75 milhões, com o intuito de apoiar 1,7 mil projetos, com estimativa de 22,7 mil novos empregos gerados. O site que vai receber as inscrições é o www.proacexpressoaldirblanc.org.br (que deve entrar no ar apenas na quinta).

Loading...
Revisa el siguiente artículo