Declaração Universal dos Direitos Humanos vira livro ilustrado por artistas brasileiros

Por Metro Jornal

Pelas mãos de artistas brasileiros e internacionais, a Declaração Universal dos Direitos Humanos ganhou um livro ilustrado com 50 desenhos de página dupla.

O material tem textos em português e inglês e representa os 30 artigos e todos os parágrafos originais da Declaração, que foi elaborada pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 1948, após a Segunda Guerra Mundial.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

O livro foi lançado pela Chiaroscuro Studios, agência brasileira que representa mais de 60 quadrinistas que atuam em editoras de todo o mundo, como Adriana Melo (Arlequina), Ivan Reis (Superman), Mike Deodato (Vingadores), Robson Rocha (Aquaman) e Danilo Beyruth (Astronauta).

“A Declaração Universal dos Direitos Humanos trata daquilo que devemos buscar e, pelos quais, devemos nos unir. Esta versão ilustrada desse documento tão rico e tão importante permitirá levar essa mensagem a ainda mais pessoas”, destaca Ivan Costa, cofundador da Chiaroscuro Studios.

A obra está disponível para compra no Catarse com tiragem limitada até o dia 19 de outubro. Todos os recursos levantados, descontados os custos de produção e de impressão, serão doados a instituições e ONGs de todo o Brasil.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo