La Casa De Papel: Ator revela que existe uma Tatiana em sua vida e fala sobre regressão que inspirou obra

Por Victória Bravo

Pedro Alonso, ator que dá vida a Berlim em “La Casa De Papel”, fez algumas revelações sobre a sua vida pessoal que se conectam com a série e com seu primeiro livro “Filipo”.

Em entrevista ao La Vanguardia,o espanhol falou sobre as experiências junto a sua namorada Tatiana, que curiosamente possui o mesmo da sua esposa na série, personagem de Diana Gómez.

“A chave de tudo isso é Tatiana, minha parceira, que conheci em um momento real da minha vida. Parecia um filme. Ele estava sentado em um terraço em Paris, contemplativamente porque estava muito cansado. Ele tinha feito Traición, La embajada y La Casa de Papel de uma vez, e eu havia me separado há algum tempo. Tatiana apareceu, olhamos um para o outro e desde então estamos juntos”, explicou.

Ele revelou que após ter entrado em crise aos 33 anos, começou a meditar e buscar formas de querer se conectar intimamente com sua essência.

“Tive uma crise muito forte com 33, inesperada, que caiu sobre mim como uma hecatombe e estourou. E a partir daí eu não tive escolha a não ser me reconstruir”, mencionou.

Para Alonso, o relacionamento com Tatiana o impulsionou ainda mais, pois a companheira é hipnoterapeuta e o ajudou com terapias de regressão.

“Ela dominou esse processo de regressão, na verdade ela é hipnoterapeuta, e um dia ela me perguntou se eu gostaria de tentar. Foi um momento de total confiança nela, e fiz isso nos meses seguintes até quatro vezes, quando sempre viajei para a mesma vida. Entrei na pele de um militar romano que viveu situações muito espinhosas e, de certa forma, reconhecíveis. Com um eco muito direto no que vivemos atualmente. Do que me lembrei nessas quatro regressões, nasceu o livro”, confessou.

Será que a Tatiana da vida real inspirou em algo personagem da série  que ainda é um mistério para os fãs?

gif Reprodução / Giphy

Loading...
Revisa el siguiente artículo