Chadwick escondeu câncer da Marvel e acreditava que estaria em 'Pantera Negra 2'

Por Metro Jornal

A notícia da morte  Chadwick Boseman, na última sexta-feira (28) foi uma grande bomba também para a Marvel. O ator, vítima de um câncer de cólon diagnosticado em 2016, preferiu revelar a doença apenas a algumas pessoas fora de seu círculo familiar. De acordo com informações da revista The Hollywood Reporter, até uma semana antes de sua morte, o protagonista de "Pantera Negra" acreditava que se recuperaria para a sequência.

De acordo com fontes da reportagem, o ator só começou a lidar com a realidade do câncer terminal uma semana antes. Kevin Feige, presidente da Marvel, teve notícias da doença de Chadwick uma hora antes de sua morte, por e-mail.
QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Durante a batalha de quatro anos contra o câncer, apenas nomes como seu agente, Michael Greene, seu personal trainer, Addison Henderson e o diretor de "42", Brian Helgeland.

No momento, a Marvel tenta solucionar a ausência de um protagonista tão emblemático. Além de "Pantera Negra 2", T'Challa apareceria em outras produções da Marvel. Além da produção dedicada ao herói africano, ele esteve em Guerra Civil e Vingadores.

Entre as pessoas que tinham conhecimento da doença estavam o produtor Logan Coles, o agente Michael Greene, seu treinador Addison Henderson e o diretor de "42", Brian Helgeland. Segundo a revista, ninguém envolvido em "Pantera Negra" sabia; era um desejo de Chadwick que as coisas ficassem assim.

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo