Morre produtor musical Arnaldo Saccomani aos 71 anos

Por Metro Jornal

O produtor musical Arnaldo Saccomani morreu na madrugada desta quinta-feira (27) em Indaiatuba, interior de São Paulo. O profissional, que completou 71 anos na segunda (24), tinha insuficiência renal e diabetes.

Desde julho do ano passado, Saccomani fazia hemodiálise. Familiares disseram que ele faleceu em seu sítio. O corpo será velado às 10h no Cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes, Grande São Paulo.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
‘Just Dance 2021’: as primeiras novas músicas confirmadas para o jogo
‘Música na Band’: Roberta Miranda canta seus sucessos ao vivo nesta sexta

Além de produzir, Arnaldo era músico, compositor e ficou conhecido como jurado de programas de talentos, como o Ídolos, do SBT. Assina a produção de álbuns de grandes artistas da música nacional, como Tim Maia, Rita Lee e Fábio Júnior, além do mexicano Luís Miguel.

Saccomani, que começou sua carreira nos anos 1960, ainda teve papel importante na década de 1990, sendo produtor pioneiro do pagode romântico. Também teve parte na história dos Mamonas Assassinas, por ter feito o contato que os levou a uma grande gravadora.

Loading...
Revisa el siguiente artículo