O Diário de Anne Frank será tema de debate em live desta quarta-feira; assista

Por Metro Jornal

Uma reunião das memórias de uma adolescente judia tornou-se um dos mais famosos e emblemáticos livros de toda a história: O Diário de Anne Frank será tema de debate nesta quarta-feira (26), promovido pela Biblioteca Mário de Andrade.

A conversa será entre a professora, escritora e crítica de literatura Noemi Jaffe, filha de um sobrevivente do Holocausto, e a editora Rita Mattar. Assista ao encontro no canal da biblioteca no YouTube, a partir das 19h.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

LEIA MAIS:
Dono da Amazon tem fortuna de mais de R$ 1,12 trilhão, diz revista
Roman Polanski perde recurso e continua expulso da Academia do Oscar

Além da história da jovem Anne Frank, o formato de livros em diário, utilizado pela escritora Noemi Jaffe, também será discutido. A professora utilizou este recurso na obra O Que os Cegos Estão Sonhando, e em trabalhos recentes, como o novo livro O Que Ela Sussurra.

A história
Anne Frank (1929-1945) escreveu seu diário durante o período em que sua família ficou confinada em um esconderijo em Amsterdã, durante a Segunda Guerra Mundial. Ela morreu no campo de concentração de Bergen-Belsen, de tifo, e a obra, que tem sido lida por gerações de adolescentes no mundo todo, foi publicada por seu pai, o único da família que sobreviveu ao Holocausto.

A história de Anne Frank é tema também de um documentário recente da Netflix. #AnneFrank Vidas Paralelas é narrado pela atriz Helen Mirren e fala ainda sobre cinco sobreviventes: Arianna Szörenyi, Sarah Lichtsztejn-Montard, Helga Weiss e as irmãs Andra e Tatiana Bucci – todas crianças no nazismo e que retratam agora o horror da perseguição sofrida pelos judeus.

Loading...
Revisa el siguiente artículo