Novo livro promete revelar cartas entre Donald Trump e Kim Jong-Un

Por Ansa

Um novo livro sobre o governo de Donald Trump, escrito pelo jornalista Bob Woodward, será lançado no próximo dia 15 de setembro e revelará as cartas trocadas entre o republicano e ditador norte-coreano Kim Jong-un.

A obra "Rage" ("Raiva") é a sequência de outro livro "Fear" ("Medo: Trump na Casa Branca") lançado em 2018. Nas novas revelações, segundo a editora Simon & Schuster, Woodward promete levar os leitores para dentro do Salão Oval da Casa Branca como nunca antes.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Fundação Renova - agosto 2020

"'Rage' é o livro mais importante que a editora vai lançar neste ano. Todos os eleitores deveriam lê-lo antes de 3 de novembro", disse o CEO da Simon & Schuester, Jonathan Karp, à emissora "CNN". A data citada por ele é o dia das eleições presidenciais nos EUA.

Nos textos, Woodward promete revelar também "opiniões e ações" do presidente na questão da segurança nacional e internacional, na gestão da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) e na consequente crise econômica, e também sobre os protestos antirracistas que se espalharam por todos os estados após a morte do ex-segurança negro George Floyd.

O título do livro deriva de uma frase dita pelo próprio Trump em uma entrevista com Woodward em 2016. "Eu provoco raiva. Sim, provoco raiva. Não sei se isso é uma vantagem ou não, mas o que quer que seja, eu sou assim", disse ao jornalista.

Woodward é mundialmente famoso por, ao lado de Carl Bernstein, revelar ao mundo o escândalo de Watergate em 1974, que acabou provocando a renúncia do então presidente norte-americano Richard Nixon.

Essa é a terceira obra polêmica sobre o governo do magnata neste ano. Anteriormente, a sobrinha do presidente, Mary Trump, e o ex-conselheiro de Segurança Nacional John Bolton também publicaram livros sobre o mandatário.

Loading...
Revisa el siguiente artículo