Marco Pigossi tira sarro de 'Fina Estampa', do qual fez parte: 'Deveria ser proibida'

Por Estadão Conteúdo

O ator Marco Pigossi falou sobre sua participação na novela "Fina Estampa" em uma live com o ator João Vicente de Castro na sexta-feira, 7. Ele afirmou que a produção, que está sendo reprisada pela Rede Globo, não deveria voltar a ser exibida e que sente vergonha de alguns elementos dela.

Pigossi estava falando sobre seu começo de carreira na televisão, com sua chegada na Globo em 2007, aos 18 anos, quando fez a novela Eterna Magia. João Vicente perguntou se ele tinha vergonha de ver cenas passadas em que atuou. O ator, então, começou a falar de Fina Estampa, na qual interpretou o personagem Rafa.
QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

"Eu tinha 22 anos, com umas mechas loiras no cabelo. E fora o que se falava na novela… Essa novela [Fina Estampa] deveria ser proibida de reprisar. É tanta barbaridade. É uma loucura passar uma novela dessas", comentou o ator. Pigossi saiu da Globo em 2018 e tem atuado em produções da Netflix.

O ator também falou sobre o contexto social de quando a novela foi lançada: "Em 2011 era um tempo em que as pessoas meio que podiam se dar ao direito de falar que ‘ai eu não ligo pra política’, era o começo dessa discussão. Agora você passar essa novela hoje é uma loucura".

"Eu tenho vergonha de algumas coisas que são faladas na novela, que são tratadas na novela, de como são tratadas. Tenho vergonha um pouco também da atuação, das minhas mechas loiras. Mas faz parte da gente, é interessante olhar pra trás e brincar e ver", concluiu o ator.

O trecho da live em que Pigossi falou sobre Fina Estampa repercutiu nas redes sociais, com muitas pessoas concordando com a fala dele e criticando, por exemplo, a caracterização do personagem Crô, interpretado por Marcelo Serrado.

Loading...
Revisa el siguiente artículo