Grey's Anatomy: Sandra Oh revela quem precisou enfrentar e ideia que foi ignorada na série

Por Victória Bravo

Sandra Oh, conhecida por dar vida a icônica Dra. Cristina Yang em “Grey's Anatomy” durante 10 anos, revelou que enfrentou roteiristas e a própria Shonda Rhimes durante o tempo que esteve na série.

“O que eu consegui com Grey's  foi ter a responsabilidade e o relacionamento com o escritor para poder direcionar para onde a personagem está indo. Se algo surgir, poderia dizer 'Isso está completamente errado'. Eu enfrentaria a Shonda e muitos dos escritores, o que é um desafio. (…) Você está lutando pelo seu personagem”, disse em entrevista com a Variety.

Sandra chegou a mencionar que todos os escritores com os quais trabalhou conhecem “sua cara”, deixando claro que discutia opiniões sobre os seus personagens, mas também sabia quando deveria “deixar de pisar no acelerador”.

Além disso, a atriz falou sobre seu interesse em contribuir para representatividade asiática nas produções e como pretende fazer isso em seus novos trabalhos, mencionando que teve uma ideia relacionada ignorada no drama médico.

“A maioria dos programas que eu fiz não foi específico para a Ásia. Na terceira temporada, Burke e Cristina estavam se casando e havia as duas mães, a mãe asiática e a mãe negra, e eu sou estava como, 'Vamos lá, há muita história que podemos fazer aqui!', mas eles não queriam tocar nisso, por qualquer motivo. Agora meu interesse é muito mais em trazer essa história”, explicou.

Atualmente, Sandra dá vida a Eve Polastri na série "Killing Eve". 

Loading...
Revisa el siguiente artículo