5 filmes da Netflix para celebrar o mês do orgulho LGBT+

Por Metro Jornal

Junho é o mês do orgulho LGBT+ e, a cada dia, séries e filmes ganham mais representatividade, incentivados por debates nas redes sociais, manifestações e mais pedidos por inclusão.

O Metro Jornal separou 5 filmes com temática LGBT disponíveis na Netflix para assistir na quarentena. Confira:

1) Moonlight: Sob a Luz do Luar

Moonlight Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O filme conta a história de um Chiron (Ashton Sanders), um garoto negro morador de um bairro pobre em Miami, nos Estados Unidos. Em três etapas, o longa explora as dificuldades que ele enfrenta para encontrar sua própria identidade. Moonlight venceu o Oscar de Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Ator Coadjuvante (Mahershala Ali) em 2017.

2) Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

Hoje eu quero voltar sozinho Hoje eu quero voltar sozinho / Reprodução/Netflix

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O longa brasileiro conta a história de Leonardo (Guilherme Lobo), um garoto cego que busca sua independência e se apaixona por um garoto novo no colégio, Gabriel (Fábio Audi).

3) Duck Butter 

Duck Butter Duck Butter / Netflix

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desiludidas com a falta de honestidade nas relações, duas mulheres decidem passar 24 horas juntas para explorar novas formas de intimidade.

4) Meu Nome é Ray

Meu nome é Ray Meu nome é Ray / Netflix

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A trama envolve Ray (Elle Fanning), que nasceu mulher, mas não se identifica com o gênero. Ela se prepara para fazer a cirurgia de mudança de gênero e a mãe Maggie (Naomi Watts), tenta encontrar a melhor forma de lidar com a questão, mas a avó homossexual de Ray, Dolly (Susan Sarandon), recusa-se a aceitar a resolução e cria um conflito familiar.

5) Laerte-se

Laerte Laerte / Reprodução

 

 

 

 

 

 

 

 

Laerte é uma das cartunistas mais famosas do Brasil. Ela passou quase 60 anos se expressando e sendo identificada como homem, até que decidiu revelar sua identidade de mulher transexual. O filme conta essa história.

Loading...
Revisa el siguiente artículo