Rafinha Bastos se manifesta sobre acusações contra PC Siqueira: 'Estou sofrendo'

Por Metro Jornal

O humorista Rafinha Bastos se posicionou sobre as acusações de pedofilia contra seu ex-colega de trabalho, PC Siqueira. Em um vídeo publicado em seu canal do Youtube neste domingo (14), Bastos disse que ninguém sabe da "extensão da realidade dessa história" e que tem medo do colega cometer suicídio.

Na quarta-feira (10), um vídeo contendo uma suposta troca de mensagens entre PC Siqueira e uma pessoa não identificada, viralizou ao ser compartilhado no Twitter. Na conversa, ele teria compartilhado uma imagem de uma criança de seis anos nua, que teria sido enviada pela mãe – a imagem não é revelada.

“Eu queria vomitar tudo naquele momento", disse Rafinha Bastos. "Eu acho que é normal esse sentimento. Por mais que eu não tenha ligação com o que aconteceu, o cara é meu colega, temos um canal juntos, fizemos uma série de projetos juntos”.

Apesar de tomar cuidado para "não cometer injustiças", Rafinha Bastos admitiu que está do lado "do pessoal que quer que ele se fo** muito" e que seja punido.

“Segurei um pouco para me expressar, para desenvolver o texto. Escrevi 15 textos. Todos mandei para os amigos próximos, e eles falaram: ‘Você vai empurrar o cara da janela desse jeito, segura um pouco, você não sabe direito'”, relatou. O youtuber disse ainda que PC já manifestou intenções suicidas diversas vezes. "É um cara que flerta com o suicídio há muito tempo. Eu não quero que ele se mate, obviamente. Apesar de toda a raiva que eu estou nesse momento, não quero que o sujeito morra, quero que pague pelos crimes", completou.

Veja também:
Prefeito de Mauá é novamente alvo de investigação por irregularidades
Gilmar Mendes sugere prisão preventiva a quem ataca instituições: ‘remédio adequado’

Bastos também se defendeu das pessoas que questionaram sua convivência com PC Siqueira. “Teve gente resgatando piada minha de dez anos atrás para me ligar ao que está acontecendo”, disse. “É duro ter o teu nome ligado a uma história como essa. ‘Ah, mas Rafinha, você já fez piada [com pedofilia]’. Fiz, há dez anos. Piada. Eu não estou aqui só para me tirar dessa história, mas acho importante que vocês saibam disso. Eu sou pai, e estou p*to com essa história. Estou sofrendo, não estou conseguindo produzir conteúdo nenhum. E obviamente estou muito preocupado com a criança que está envolvida nessa história”.

PC Siqueira apaga publicação

Após as acusações, PC Siqueira fez uma publicação no Instagram em que disse ser vítima de fake news e apontou elementos no vídeo que comprovariam que a troca de mensagens seria falsa. “Fui pego de surpresa ao ver meu nome sendo utilizado por uma articulação criminosa, que tentou me acusar de algo terrível, que jamais cometi ou cometeria”.

“Ele leva 1 minuto e 31 segundos para o relógio do celular mudar! Nem esse cuidado os falsificadores tiveram. Além disso, o símbolo de verificação tem um espaçamento diferente do verdadeiro. Está tudo ali, pra quem quiser ver. A operadora da suposta linha do video é pré-paga dos Estados Unidos. O celular é um Samsung e está gravando a tela de um iPhone", escreveu o youtuber.

No entanto, neste domingo, Siqueira apagou a publicação. A veracidade da conversa está sendo investigada pela polícia.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo