Terry Crews e Tyler James William debatem sobre racismo nas redes sociais

Por Metro Jornal

Terry Crews e Tyler James William, que interpretam pai e filho na série "Todo mundo odeia o Chris", debateram sobre racismo nas redes sociais neste domingo (7).

Tudo começou com um comentário de Terry no Twitter, em que disse que "Derrotar a supremacia branca sem pessoas brancas cria a supremacia negra".

Tyler, no entanto, não gostou da declaração do colega e respondeu. "Terry, irmão, eu conheço seu coração e você sabe que eu tenho amor por você e sempre vou ter. Ninguém está pedindo supremacia negra a narrativa de que estaríamos machuca nossa causa e nosso povo", disse.

"Nosso povo está cansado de pessoas brancas que fazem uma cara boa e alegam que são 'antirracistas' enquanto operam e são beneficiadas pelos privilégios de um sistema claramente racista", completou.

Veja também:
Daniel Radcliffe rebate comentários de J.K Rowling: ‘mulheres trans são mulheres’
Ônibus seguem desrespeitando lotação máxima em São Paulo nesta terça

"Eu entendo, Tyler. Eu não estava dizendo que a supremacia negra existe, porque não existe. Estou dizendo que se negros e brancos não continuarem trabalhando juntos – más atitudes e ressentimentos podem criar uma perigosa auto-justiça. Isso é tudo", respondeu Terry.

"Seu alcance é enorme, irmão. Você está aqui e adoro ver. Eu sempre serei um fã de você vencendo. Mas com todo esse crescimento e diversidade, surge uma enorme responsabilidade de lembrar que cada palavra que dizemos pode ser usada para ajudar ou prejudicar o movimento", finalizou Tyler.

Loading...
Revisa el siguiente artículo