Noel Gallagher relembra fortes crises de pânico no período em que usou cocaína

Por Metro Jornal

O guitarrista Noel Gallagher, ex-Oasis, relatou os fortes efeitos do vício da cocaína em entrevista recente ao podcast "Funny How?". Segundo o britânico de 52 anos, ele teve ataques de pânico assustadores em um período em que usava a droga todos os dias. Segundo ele, foi por isso que ele resolveu parar de usar.

Leia mais:
Sophie Turner mostra barriga de grávida durante caminhada em Los Angeles
Série The Eddy, da Netflix, é declaração de amor ao jazz

"Se você está sem dormir há três noites porque cheirou um monte de cocaína, não é como se fosse se acalmar naturalmente. Você pensa que vai morrer. E eu ficava pensando: 'Muitos rockstars já morreram disso mesmo"", contou.

Durante uma dessas crises, ele teve dificuldade de ser atendido em um hospital em Detroit, nos Estados Unidos, graças ao pesado sotaque de Manchester, onde nasceu.

"Imagina só: você está quase tendo um ataque psicótico e tem de passar por um detector de metais no hospital. O médico te pergunta o que está errado, mas não consegue te entender. Daí ele diz: 'Espere só um minuto que vou buscar alguém"", contou.

"Algumas vezes eu pensei que ia ter um ataque cardíaco, sabe? Tive sorte de não ter um de verdade", disse Gallagher.

Ele também reclamou da cobertura que parte da imprensa fez sobre a sua dependência química. "Eles colocaram na primeira página de um jornal, uma vez, que eu gastava 4 mil libras (o equivalente, hoje a R$ 29 mil) por semana com cocaína. Fiz as contas. Para gastar tudo isso, eu teria que usar uma grama por hora, 24 horas por dia. É uma loucura".

O músico, atualmente à frente da High Flying Birds, alcançou as paradas musicais nos anos 1990, com o Oasis, ao lado do irmão, Liam. A banda se dissolveu em 2009.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo