Tony Ramos diz ser impossível gravar novelas e crê em testes preliminares para volta aos estúdios

Por Band.com.br

Um dos maiores nomes das telenovelas brasileiras, o ator Tony Ramos não vê possibilidade de voltar aos estúdios para gravar novelas até que o mundo supere a o coronavírus. Em entrevista a José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes, o artista falou sobre a ciência, preocupação com a classe artística e o mundo pós-pandemia.

Tony Ramos contou que está isolado em casa com a mulher Lidiane Barbosa desde o dia 10 de março, e a pré-produção da novela que faria na TV Globo foi suspensa por causa da covid-19. Preocupado, o ator disse que tem filho e nora médicos na linha de frente do combate à doença e familiares e amigos que sofrem com a paralisação da economia.

O ator lembrou dos milhares de profissionais que trabalham com cultura e entretenimento no Brasil e estão sem trabalho por conta da pandemia: “Eu tenho milhares de colegas que são contrarregras, bilheteiros, montadores, maquinários de teatro, circos, e estão literalmente parados há 45 dias”, disse.

Com 71 anos de idade e mais de 50 de carreira, Tony não vê saída para as novelas voltarem a ser gravadas com distanciamento social: “Os autores já estão imaginando várias situações, mas é impossível encenar uma cena de amor, de abraço, de aperto de mão à distância. A TV Globo está atenta a isso. Eles vão criar uma base de testes preliminares para nós voltarmos aos estúdios”, frisou.

O veterano da TV disse estar lendo muito e acompanhando os passos dos líderes mundiais para a retomada das atividades, mas acredita que o processo deve ser feito aliado à ciência.

“Não tenho a resposta de como será a volta. O vírus é novo e nós vamos vencer esta batalha, e isso não é uma esperança boba, é uma esperança consciente, porque nada é maior que a ciência, só Deus em quem acredito. Acredito muito na benção de Deus e nos homens de boa vontade, que irão encontrar, senão a cura imediata, alguns remédios que possam combater a emergência, e lutando para entender como será a retomada”, afirmou Tony.

Sobre o futuro, o ator acredita numa melhora nas relações do mundo: “Eu espero que mude para melhor, que as pessoas reflitam sobre ganância, poder, soberba. Me preocupo com o próximo no sentido amplo, de respeitar o jeito que se veste, que fala, que pensa, a religião que tem. Isso é a democracia plena e um mundo ideal que não existe, mas é possível sonhar”, concluiu.

Loading...
Revisa el siguiente artículo