Já existe um filme sobre o coronavírus e ele está gerando polêmica

Por Metro Jornal

O diretor Mostafa Keshvari não perdeu tempo e já anunciou o lançamento do longa-metragem "Corona", um filme sobre o coronavírus que em breve estará disponível via streaming.

Em questão de semanas, o mundo do cinema se inspirou nos últimos eventos do COVID-19, que forçou uma quarentena obrigatória em muitos países e já ultrapassou um milhão de infectados.

Segundo o portal, Nueva Mujer, no entanto, seu diretor garantiu que tudo nasceu quando começaram a ser recebidos relatos dos primeiros infectados em Wuhan, na China, situação que o inspirou ao ler o jornal no elevador.

O filme gira em torno da reunião de sete moradores de um prédio que está em um elevador ao lado de um vizinho que chegou recentemente da China, mas tudo se torna complicado quando eles ficam presos e ela começa a mostrar sintomas da doença.

Coronavírus leva a tela grande

O filme foi filmado em Vancouver, Canadá, durante o mês de fevereiro e tem duração de 63 minutos. Segundo o diretor citado em El Mañana, ele procura convidar a reflexão sobre o racismo e o medo para além da própria doença.

O trailer foi lançado em 8 de março e já tem mais de 100.000 visualizações. Entre os detalhes da produção, sabe-se que parte dos diálogos foram improvisados pelos atores e o filme foi gravado em três dias.

“Alugamos um espaço e construímos um elevador. É um produto com orçamento muito, muito baixo”, disse o também escritor do filme, para o meio mencionado, e que também esteve em outras produções, como Unmasked.

No mesmo sentido, gerou a rejeição de muitos setores por considerá-lo "oportunista" e "desrespeitoso". Paralelamente, iniciativas semelhantes também estão surgindo, como "Corona Zombie", um filme distópico e satírico sobre o coronavírus.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo