PS5 ou Xbox Series X? Qual será o melhor console?

Veja o que já foi revelado e o que ainda precisa ser dito antes de escolher seu lado

Por Luccas Balacci - Metro São Paulo

Os planos de todo o mundo mudaram nos últimos meses graças à pandemia do novo coronavírus, e a indústria dos videogames não escapou. A E3, principal feira de jogos eletrônicos do mundo, decidiu cancelar sua edição deste ano, assim como a GDC, conferência de desenvolvedores da área.

Os dois eventos são responsáveis, desde a década de 1990, por apresentar diversas informações em primeira mão das novas gerações de consoles. Sem eles, duas das três principais do mercado – Microsoft e Sony – recorreram às redes sociais para anunciar as características técnicas dos novos videogames previstos para este ano.

Um pouco antes da crise começar, a Microsoft inesperadamente saiu na frente e aproveitou o último The Game Awards, do fim do ano passado, quando revelou o nome e a aparência de seu próximo console, o Xbox Series X. Não confundir com o primeiro Xbox, de 2001, ou com o Xbox One X, modelo superior da geração atual. Os nomes confusos dos consoles da americana rendem um texto a parte.

Desde então a companhia, e principalmente Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, tem usado redes como o Twitter para dar mais detalhes do seu aparelho – que lembra bastante um computador. Um dos principais atrativos comparado à geração atual é o salto em potência: o Series X deve ser quatro vezes mais poderoso do que o One X.

Já a Sony tem sido um pouco mais cautelosa com as informações que divulga sobre o PlayStation 5, ou PS5 para os íntimos. E mesmo mostrando que sabe nomear seu videogame melhor do que a concorrência, a japonesa desapontou ao apresentar as especificações técnicas da futura geração.

Após grande divulgação de uma transmissão no YouTube da empresa, Mark Cerny, líder de engenharia do projeto, não empolgou ao apresentar um videogame teoricamente inferior ao concorrente, mesmo sendo um grande passo comparado ao PlayStation 4 – líder absoluto da geração anterior com mais de 100 milhões de unidades vendidas.

Então é isso? Microsoft venceu e acabou? Não é bem por aí. Tudo bem, o próximo Xbox com certeza será mais poderoso do que o PlayStation, mas como isso vai se traduzir em FPS (quadros por segundo), resolução e outros fatores que influenciam na experiência do jogador? Será que a diferença será notavelmente superior, já que ambos prometem imagens em 4K e 8K, com até 120 FPS?

Isso depende de três fatores principais e, até o momento, desconhecidos pelo público. O primeiro é o preço, afinal, se o Xbox Series X for mais caro e não entregar uma performance diferenciada, o gasto extra vai valer a pena? Lembrando que há boatos de uma versão mais básica da nova geração da Microsoft, com custo mais atrativo.

O outro são os jogos. Não há dúvidas que, entre Microsoft e Sony, os melhores exclusivos dos últimos anos foram distribuídos pela gigante japonesa. "Death Stranding", "God of War", "Uncharted 4: A Thief's End", "Horizon: Zero Dawn" e "Marvel's Spider Man" são alguns dos títulos de sucesso que só saíram no PS4. Não subestimando, claro, as franquias "Gears of War", "Forza" e "Halo", do lado verde da força.

O último, e não menos importante, os controles. Eles são o grande diferencial de jogar em um computador (tem quem prefira um teclado e um mouse!) e são o principal aliado para uma experiência confortável. Além de seu formato e peso, botões e recursos extras são sempre atrativos esperados – e, até agora, sem grandes detalhes revelados.

Por isso, antes de escolher seu lado da batalha na próxima geração de videogames – e aqui me recordo da excelente trilogia de South Park que abordou a última "guerra de consoles" – é preciso ter paciência e aguardar as informações de preços, as confirmações de jogos e a diferença prática entre cada aparelho.

Mas, caso você seja do time "GRÁFICOS, GRÁFICOS E MAIS GRÁFICOS!!!", segue abaixo uma tabela comparando as informações que já estão disponíveis do Xbox Series X e do PS5. A previsão de lançamento para ambos é o último trimestre de 2020.

Xbox Series X ou PS5? Compare as especificações técnicas

Xbox Series X

• CPU: AMD Zen 2 – 8 núcleos, a 3.8 GHz (3.6 GHz com SMT)
• GPU: 12 Teraflops, 52 CUs a 1.825 GHz, RDNA 2 customizada
• Ray tracing: Sim
• Memória RAM: 16 GB GDDR6
• Memória: SSD 1 TB (expansível)
• Drive óptico: Blu-ray 4K UHD
• Largura de banda: 10 GB a 560 GB/s, 6 GB a 336 GB/s
• Resolução: 4K e 8K, até 120 fps
• Retrocompatibilidade: Todos os jogos da família Xbox

PlayStation 5

• CPU: AMD Zen 2 – 8 núcleos, até 3.5 GHz
• GPU: 10.3 Teraflops (aproximadamente), 36 CUs a 2.23 GHz, RDNA 2 customizada
• Ray tracing: Sim
• Memória RAM: 16 GB GDDR6
• Memória: SSD 825 GB (expansível)
• Drive óptico: Blu-ray 4K UHD
• Largura de banda: 448 GB/s
• Resolução: 4K e 8K, até 120 fps
• Retrocompatibilidade: Inicialmente, 100 jogos de PS4

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo