Morre o desenhista Albert Uderzo, um dos criadores de Asterix

Por Metro Jornal

O desenhista francês Albert Uderzo, um dos criadores do personagem Asterix, grande sucesso dos quadrinhos, morreu nesta terça-feira (24) após sofrer um infarto. Ele tinha 92 anos.

Leia mais:
Em entrevista ao Aqui na Band, Justus reforça declarações de áudio vazado no fim de semana
Flip é adiada para novembro

Segundo a agência de notícias AFP, a morte do ilustrador não é relacionada ao coronavírus, que tem os idosos como principais vítimas.

Segundo declaração de Bernard de Choisy, genro de Uderzo, ele não se sentia bem há algum tempo. "Albert Uderzo morreu dormindo em sua casa em Neuilly, após um ataque cardíaco que não está ligado ao coronavírus. Ele estava extremamente cansado nas últimas semanas", disse.

A série de história em quadrinhos protagonizada pelo guerreiro gaulês Asterix, que resistia à ocupação romana no ano 50 A.C., começou em parceria com o escritor e roteirista René Goscinny, que morreu em 1977, aos 51 anos.

Em 1959, eles já se conheciam há oito anos quando assumiram funções de editor e diretor de arte na revista francesa Pilote, que apresentou Asterix.

O universo do personagem e de seu fiel amigo Obelix também ganhou os cinemas em diversas versões.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo