'Funeral' de Kobe Bryant leva milhares ao ginásio Staples Center em Los Angeles

Por Estadão Conteúdo

Milhares de pessoas se reuniram nesta segunda-feira em Los Angeles, no Staples Center, em cerimônia realizada no ginásio para dizer adeus a Kobe Bryant, astro do Los Angeles Lakers, e sua filha Gianna Bryant, de 13 anos, duas das nove vítimas fatais de um acidente de helicóptero ocorrido em 26 de janeiro, na Califórnia.

Esposa de Kobe, Vanessa agradeceu ao público por estar lá e disse que recebeu muitas demonstrações de amor. Falando sob lágrimas, ela elogiou a devoção do marido para a família. "Deus sabia que eles não poderiam estar nesta Terra sem o outro. Ele teve que levá-los para casa para tê-los juntos. Querida, cuide da nossa Gigi."

Vanessa Bryant lembrou-se das vida com Gianna e seus três irmãos e depois elogiou o marido. Eles estavam juntos desde 1999. "Ele era o marido mais incrível. Kobe me amava mais do que eu poderia expressar ou colocar em palavras. Eu era fogo. Ele era gelo. Vice-versa às vezes. Ele era meu tudo."

A cerimônia começou com a cantora Beyoncé tocando suas músicas "XO" e "Halo". Alicia Keys tocou a "Sonata para piano n.º 14" de Beethoven e Christina Aguilera cantou "Ave Maria". O programa de duas horas foi concluído com a exibição de "Dear Basketball", curta-metragem dirigido e escrito por Glen Keane e Kobe Bryant, que foi premiado com o Oscar.

A homenagem, para a qual os ingressos foram esgotados, foi realizada no ginásio em que Bryant jogou pelos Lakers por praticamente duas décadas, tendo conquistado cinco títulos e onde estão aposentadas suas camisas 8 e 24.

Estrelas atuais da NBA e lendas da liga estiveram presentes ao adeus, como Jerry West, Phil Jackson, Kareem Abdul Jabbar, Magic Johnson, Bill Russell, Pau Gasol, Stephen Curry, Adam Silver, o comissário da NBA, Michael Jordan, Shaquille O'Neal, Kyrie Irving, James Harden, Russell Westbrook e DeMar DeRozan. Celebridades como Kanye West, Kim Kardashian, Jennifer Lopez e Alex Rodriguez também compareceram. Jordan elogiou Bryant como "um dos meus queridos amigos. Ele era como um irmãozinho."

O'Neal e Bryant juntaram-se noa Lakers em 1996 e venceram três campeonatos consecutivos durante oito temporadas tumultuadas. Embora o relacionamento deles tenha sido publicamente difícil, Shaq disse que os dois eram amigos, comparando a dinâmica deles a John Lennon e Paul McCartney. "Kobe e eu nos pressionamos para jogar o melhor basquete de todos os tempos", disse O'Neal.

Estrelas do basquete feminino, Diana Taurasi e Sabrina Ionescu também discursaram. "Se eu representava o presente do jogo feminino, Gigi representava o futuro. Kobe sabia disso", afirmou Ionescu.

O ginásio se tornou um mar de pessoas vestidas de roxo e amarelo, as cores dos Lakers, e outras de preto. Nos telões, a vida familiar de Bryant desfilou através das imagens: Vanessa e Kobe, Kobe e Gianna, toda a família junta, Gianna na quadra, fotografias de Gianna quando ela era um bebê com seu pai.

O dinheiro obtido com a venda dos ingressos será doado à Fundação Mamba e ao Mambacita Sports, que apoia programas esportivos para jovens em comunidades carentes e oferece clínicas esportivas para meninas.

A homenagem começou poucas horas depois de Vanessa entrar com uma ação contra o proprietário do helicóptero que caiu no meio do nevoeiro no mês passado. A ação por homicídio por negligência argumenta que o piloto, Ara Zobayan, foi descuidado e imprudente ao pilotar a aeronave em um céu nublado.

Loading...
Revisa el siguiente artículo