Trump critica vitória de Parasita no Oscar 2020: 'Temos problemas suficientes com a Coreia do Sul'

Por Ansa

Em um comício de campanha em Colorado Springs, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou o filme sul-coreano "Parasita", que venceu quatro prêmios na última edição do Oscar.

"Quão ruim foi o Oscar este ano? E o vencedor é … um filme da Coreia do Sul! O que foi isso? Temos problemas suficientes com a Coreia do Sul com relação ao comércio. Além disso, dão a eles o melhor filme do ano. Foi bom? Eu não sei. Vamos voltar com 'E o Vento Levou' e 'Crepúsculo dos Deuses', por favor? Tantos filmes excelentes", disse o republicano.

LEIA MAIS:
‘Querem empanar o brilho dessa estrela’, declara Ronnie Von sobre Gugu Liberato
Natalie Portman anuncia lançamento de livro infantil em outubro

Na cerimônia do Oscar, realizado no Dolby Theatre, em Los Angeles, "Parasita" faturou os prêmios de melhor filme, melhor filme internacional, melhor roteiro original e melhor direção, que foi para Bong Joon-ho.

Logo após as críticas de Trump, o estúdio Neon, que distribuiu o "Parasita" nos Estados Unidos, respondeu o presidente no Twitter.

"É compreensível, ele [Trump] nem sabe ler", escreveu o estúdio.

Em seu discurso, Trump também criticou o ator Brad Pitt, que conquistou a estatueta de melhor ator coadjuvante pelo seu papel no filme "Era uma Vez…en Hollywood". No Oscar, após ter rebido o prêmio, o astro disse que teve mais tempo para falar – 45 segundos – do que o ex-conselheiro de Segurança Nacional John Bolton durante o julgamento de impeachment do presidente norte-americano no Senado.

"E então você tem Brad Pitt. Eu nunca fui um grande fã dele. Levantou, fez uma gracinha. Ele é um cara pouco inteligente", afirmou Trump.

Loading...
Revisa el siguiente artículo