Artista peruana Ximena Garrido-Lecca abre 34a Bienal de Arte

Por Metro Jornal

A Bienal Internacional de Arte de São Paulo está em cartaz com a primeira das três individuais que vão ocupar o pavilhão no Parque Ibirapuera, na zona sul, até o início da tradicional mostra coletiva, logo mais em setembro.

Até o dia 15 de março, Ximena Garrido-Lecca é quem abre os trabalhos, com nove obras fruto de uma pesquisa sobre seu país de origem, o Peru. No conjunto, ela discute os efeitos do processo de colonização na atualidade. E ela faz isso recorrendo a diferentes abordagens, como instalações, fotografias e vídeos concebidos em técnicas ancestrais de cerâmica e tecelagem, além de matérias-primas a exemplo do cobre, barris de petróleo, óleo, madeira, arame, pregos e plantas.

Com entrada gratuita, o Pavilhão da Bienal fica na avenida Pedro Álvares Cabral, com acesso pelo portão 3 do Parque Ibirapuera. As visitas são abertas de quarta a domingo, das 10h às 18h.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo