Renée Zellweger ironiza Donald Trump em seu discurso no Oscar

Por Nathalia Marques

Renée Zellweger ganhou, neste domingo (9), o Oscar como Melhor Atriz por seu papel no filme Judy. Subindo ao palco no Dolby Theatre em Hollywood, a atriz fez um discurso de aceitação emocional e ainda ironizou a política americana, que liderada por Donald Trump passa por um repudia a imigração.

Durante seu discurso, a atriz fez questão de agradecer seus pais, pai Emil Erich Zellweger e mãe Kjellfrid Irene Zellweger."[Obrigado a] meus amigos imigrantes que vieram aqui com nada além de si e do sonho americano", disse ela, segurando o Oscar, e acrescentando: "Que tal isso?".

A atriz também agradeceu seu "irmão mais velho, Drew" e voltou seu discurso para Judy Garland, que nunca ganhou um Oscar.

"Devo dizer que no último ano de conversa celebrando Judy Garland através de gerações e culturas, foi um lembrete muito legal de que são nossos heróis que nos unem agora", disse ela. “Os melhores entre nós e que nos inspiram a encontrar o melhor em nós mesmos. Você sabe quando eles nos unem quando olhamos para nossos heróis, concordamos e isso importa”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo