Oscar 2020: Veja as apostas do Metro para os principais prêmios da noite

Por Metro Jornal

Neste domingo (9), as atenções se voltam à 92ª edição do Oscar. Em cenário com forte presença da Netflix (24 indicações), quem levará a melhor? O Metro faz suas previsões, baseado na performance dos filmes em premiações e suas arrecadações.

Veja também:
Balé da Cidade de São Paulo retorna com espetáculo ‘A Biblioteca de Babel’
Tom Cruise dispensa dublê e faz cenas a bordo de caça no novo Top Gun

O Oscar 2020 está pegando fogo. Após temporada de ótimas estreias e pelo segundo ano sem apresentador principal, a maior premiação do cinema chega com competição acirrada entre “Coringa”, “Era Uma Vez em… Hollywood” e “1917”, mas é provável que dê azarão para o lado de “Parasita”. Façam suas apostas!

Melhor Filme

  • "Ford vs Ferrari"
  • "O Irlandês"
  • "JoJo Rabbit"
  • "Coringa"
  • "Adoráveis Mulheres"
  • "História de um Casamento"
  • "1917"
  • "Era Uma Vez em… Hollywood"
  • "Parasita"

Com “Era uma Vez… em Hollywood” e “1917” tendo obtido destaque em outras premiações, é capaz que a Academia queira revolucionar e agraciar o longa-metragem coreano “Parasita”. O filme, primeiro do país na categoria principal, teve seis indicações e a vitória no SAG Awards, atestado de boa reputação.

Melhor Ator

  • Antonio Banderas – "Dor e Glória"
  • Leonardo DiCaprio – "Era Uma Vez em… Hollywood"
  • Adam Driver – "História de um Casamento"
  • Joaquin Phoenix – "Coringa"
  • Jonathan Price – "Dois Papas"

Sua versão do Coringa é de fato surpreendente. Joaquin Phoenix não tem dado muita brecha para os colegas indicados brilharem. Ele já ganhou outros troféus pela atuação, mas ainda lhe falta um Oscar na estante. Anteriormente, foi indicado três vezes pelos papéis em “Johnny e June”, “Gladiador” e “O Mestre”.

Melhor Atriz

  • Cynthia Erivo – "Harriet"
  • Scarlett Johansson – "História de um Casamento"
  • Saoirse Ronan – "Adoráveis Mulheres"
  • Charlize Theron – "O Escândalo"
  • Renée Zellweger – "Judy: Muito Além do Arco-Íris"

Vencedora em 2004 por “Montanha Gelada”, Renée Zellweger volta com tudo como favorita pelo papel numa trama que, de certo prisma, ilustra sua própria trajetória de queda e ascensão. Contemplada no Critics’ Choice Awards, Globo de Ouro, BAFTA e SAG Awards, ela tem altas chances de ganhar o segundo Oscar.

Melhor Diretor

  • Martin Scorsese – "O Irlandês"
  • Todd Phillips – "Coringa"
  • Sam Mendes – "1917"
  • Quentin Tarantino – "Era Uma Vez em… Hollywood"
  • Bong Joon Ho – "Parasita"

Aqui deve dar Sam Mendes ou o coreano Bong Joon-ho. Nome forte, essa seria a chance de “Parasita” ser reconhecido fora da categoria de melhor filme. Mendes tem a seu favor um filme montado como plano-sequência, mas Joon Hoo fez uma crítica social inteligente o suficiente para desbancá-lo junto à Academia.

Melhor Documentário

  • "American Factory"
  • "Learning to Skateboard In a Warzone (If You're A Girl)"
  • "The Cave"
  • "Democracia em Vertigem"
  • "For Sama"
  • "Honeyland"

Única participação do Brasil no Oscar deste ano, o documentário “Democracia em Vertigem”, da diretora Petra Costa, retrata o impeachment de Dilma Rousseff. Como já havia feito em trabalhos anteriores, a documentarista dá um tom íntimo e poético à narrativa, traçando paralelos com sua história pessoal. Foi lançando na Netflix, no ano passado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo