Bruno Aleixo: Conversamos com João Moreira, um dos criadores do personagem português

Por Eduardo Ribeiro - Metro Jornal São Paulo

Personagem cômico e famoso no YouTube, inclusive hit na web brasileira, o português Bruno Aleixo ganhou seu próprio filme, atualmente em cartaz nos cinemas brasileiros. Na trama, ele decide escrever uma autobiografia e se reúne com os amigos para ter ideias. “O Filme do Bruno Aleixo”, dirigido pelos próprios criadores João Moreira e Pedro Santo, mostra o protagonista numa espécie de reunião de brainstorming nonsense com os colegas: o Homem do Bussaco (monstro peludo, tipo Chewbacca), Busto (um busto de Napoleão) e Renato Alexandre (inspirado em “O Monstro da Lagoa Negra”). O filme mantém como referências as pequenas coisas do cotidiano, porém foca mais no imaginário comum do cinema do que propriamente no imaginário comum popular português. Aproveitando o sucesso da estreia por aqui, trocamos uma ideia com o diretor João Moreira.

João Moreira criador do Bruno Aleixo Divulgação

Vocês decidiram mudar a aparência do Bruno de um urso Ewok para um cachorro só por receio de processos por direitos de imagem?

Antes de começar, um primeiro aparte: embora ele possa ter aparência de cachorro misturada com Ewok, ele NÃO é um cachorro. Nada no discurso dele aponta para tal. Cachorros nem falam, eu acho. Têm aquele aspecto, mas convivem com pessoas normais e outros seres de aparência estranha num mundo perfeitamente normal. O comportamento de todos os personagens é absolutamente consentâneo com o comportamento de “pessoa”. A mudança de imagem não foi motivada por receio… Mais por segurança. Hoje, os direitos de imagem do Bruno são nossos e não o seriam se tivéssemos mantido a imagem do Ewok. Dá pra fazer camisetas e meias.

Como vocês definiriam a personalidade do Aleixo?

Um sujeito de meia idade, carismático, ranzinza, que sente necessidade de ficar sempre por cima em qualquer situação ou discussão. Um pouco fechado sobre os próprios sentimentos, também, uma vez que existe uma clara dificuldade em manifestar apreço ou compaixão pelos que lhe são mais próximos.

Por que vocês acham que o Bruno Aleixo faz tanto sucesso no Brasil?

Sempre nos perguntamos isso. Sabemos que é bem raro algo português vingar aí, sobretudo porque a vossa produção cultural é muito mais pujante. Creio que funciona pela bizarria numa primeira abordagem… Talvez chame a atenção pela estranheza visual e pelo tipo incomum de entregar as piadas. Depois, gosto de acreditar que é a qualidade dos roteiros que fideliza as pessoas (risos).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo