Pesquisa da Netflix mostra que jovens brasileiros escolhem filmes e séries que os representam

Por Metro Jornal

Não é à toa que a cada estreia de temporada de "Sex Education" e "Atypical" a internet só fala disso. Os jovens brasileiros querem cada vez mais se ver nas tramas de ficção que acompanham. É o que mostra uma pesquisa conduzida pela Netflix com 1.000 pessoas entre 16 e 25 anos. Segundo apontou o estudo, sete em cada dez desses jovens escolhem filmes ou séries que tenham personagens parecidos com eles mesmos ou seus amigos.

Leia mais:
Parceira de Gugu Liberato consegue pensão mensal de R$ 100 mil
Um Amor para Recordar: Veja curiosidades sobre o filme, que completa 18 anos de lançamento

"Os jovens querem se ver representados nas histórias a que eles assistem. E a Netflix está comprometida em levar histórias mais diversas aos nossos assinantes, porque acreditamos que mais pessoas devem ver suas vidas refletidas na tela. É por isso que estamos tão animados com as diferentes séries e filmes que temos para esse público", diz Maria Angela de Jesus, diretora de produções originais internacionais da Netflix no Brasil.

Neste fim de semana, começa no Pavilhão da Bienal, em São Paulo, o festival TUDUM, voltado a esse público. Experiências de MC Doni, Rita e Nando, de "Sintonia", a magia de "O Mundo Sombrio de Sabrina" estão entre as atrações.

O festival também vai contar com algumas estrelas da plataforma, incluindo Lana Condor e Noah Centineo, de "Para Todos os Garotos que Já Amei", que vêm promover a segunda parte do filme que bombou em 2019.

Do Brasil, estão confirmados Whindersson Nunes, Giovanna Ewbank, Larissa Manoela e Maisa.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo