Artistas se pronunciam sobre escolha de Regina Duarte para secretaria de Cultura

Por Estadão Conteúdo

Regina Duarte aceitou participar de uma fase de testes no cargo de secretária da Cultura do governo federal nesta segunda-feira, 20. O comando da pasta está vago desde a última sexta-feira, 17, quando Bolsonaro demitiu Roberto Alvim.

Leia mais:
Regina Duarte vai ter de suspender contrato com a Globo para assumir Cultura
Regina Duarte começa período de teste na Secretaria Especial da Cultura

Segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência, a atriz estará em Brasília na próxima quarta-feira, 22, para conhecer a Secretaria Nacional de Cultura e afirmou estar "noivando" com a pasta, o que levou ex-ministros e artistas a opinarem sobre a escolha da artista.

Confira algumas declarações:

"Espero que a Regina veja a cultura do Brasil com os mesmos olhos que eu e tantas outras pessoas vemos a bela figura dela."

Gilberto Gil, cantor, compositor e ex-ministro da Cultura no governo Lula.

"Estou torcendo para que ela permaneça, convença o presidente da importância estratégica da arte, da cultura e da economia criativa para o desenvolvimento do país e realize um ótimo trabalho, com absoluto respeito à liberdade de expressão e de criação. Regina é bem intencionada e conhece a área. Mas vai precisar de respaldo interno e apoio externo para atingir seus objetivos".

Sérgio Sá Leitão, ex-ministro da Cultura no governo de Michel Temer.

"Conheço-a há muito tempo. É ótima atriz e uma pessoa decente e sincera que às vezes toma decisões mais movida pela emoção do que por razão. Duvido que Bolsonaro lhe dê autonomia. Mas… vai que dá? No Brasil de hoje, até Poliana é pessimista. Mas Regina é inteligente e bem intencionada. Pode se redimir de ter votado em Bolsonaro".

Nelson Motta, jornalista e produtor

"Nesse cargo, ela tem que lidar com a diversidade e a liberdade de expressão. Mas Bolsonaro fala de fazer filtros, porque algumas artes, segundo ele, ofendem a família. Não acredito que ela vá mudar esse quadro de dirigismo cultural".

Ana de Hollanda, ex-ministra da Cultura no governo de Dilma Rousseff

"Eu vejo com bons olhos, até porque Regina já produziu peças de teatro, tem experiência com a prática, conhecimento de Lei Rouanet, leis de incentivo. E é doce, suave nas relações".

André Sturm, ex-secretário de Cultura de São Paulo e atual secretário do Audiovisual

"Quero ver como ela vai fazer sem o (autor) Dias Gomes para lhe escrever as falas".

Ruy Castro, escritor

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo