Minutos de Sabedoria, o livro de autoajuda mais popular do Brasil, completa 60 anos

Por Eduardo Ribeiro - Metro Jornal São Paulo

“Minutos de Sabedoria”, aquele livrinho de mensagens positivas, páginas amarelas, em formato palma da mão, com sua característica capa de PVC azul, acaba de completar 60 anos. Estamos falando de uma das literaturas mais disseminadas do país, com milhões de cópias vendidas e um lugar cativo no imaginário de muita gente.

Leia mais:
Em primeira passagem pelo Brasil, (Sandy) Alex G faz shows em São Paulo

Seu autor, Carlos Torres Pastorino, transmitia mensagens de positividade inicialmente na Rádio Copacabana, do Rio de Janeiro. Como ele recebia muitos pedidos daquelas pílulas de ânimo, em 1960 resolveu editá-las com o nome de “Minutos de Sabedoria”, pela Sabedoria Livraria Editora Ltda, que pertencia à Escola da Sabedoria, fundada pelo próprio.

Em 1981, a Editora Vozes adquiriu os direitos de publicação para uma tiragem de 36 mil exemplares. Desde então, o livro sempre esteve na lista dos mais vendidos na categoria de autoajuda. No site publishnews.com.br dá para ver as listas semanais de livros mais vendidos no Brasil, e “Minutos de Sabedoria” está lá, atualmente como o décimo sexto. Também permaneceu um bom tempo na lista de mais vendidos da revista Veja, e em 38 anos vendeu 14 milhões de exemplares.

Além da edição tradicional, em 2010 foram lançados vários novos estilos que caíram no gosto dos leitores. Segundo a assessoria da Vozes, o título vende em todo o território nacional de forma homogênea, sendo o acesso em algumas regiões o único impeditivo de compra. Em 2008, quando foi lançado no catálogo da Avon, aumentou o volume de vendas e continua sempre disponível na plataforma. Fora do Brasil, ele é popular em Portugal e no México. A editora, no momento, produz a 44ª edição.

Carlos Torres Pastorino foi padre, mas depois largou a batina. Foi também radialista e escritor e dedicou sua vida ao estudo da doutrina espírita e da fenomenologia mediúnica. Morreu, ou melhor, “desencarnou”, como achava correto dizer, em 1980, aos 69 anos.

Trechos de Minutos de Sabedoria

‘Qualquer palavra produz vibrações. O comentário sobre o mal atrai vibrações pesadas’

‘A vitória sobre si mesmo é muito mais difícil, e quem consegue é um verdadeiro herói’

 

‘As dificuldades não são inimigas. Auxiliam na caminhada. Fazem despertar as forças’

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo