Daisy Ridley fala sobre seis anos na pele de Rey em 'Star Wars'; leia entrevista

Por Metro Jornal

Seis anos depois dos primeiros testes, a atriz Daisy Ridley fecha sua participação – pelo menos até aqui – na saga de "Star Wars", com a estreia de "A Ascensão Skywalker" nesta quinta-feira (19). Em passagem por São Paulo, na CCXP 2019, a intérprete de Rey falou ao Metro.

A viagem de Daisy-Rey já dura cinco anos…
Na verdade, já faz seis, porque comecei a fazer testes aos 20 anos e eles me deram o papel aos 21… Já faz um tempo.

Isso mudou muito?
Acho que sou muito séria, mas também muito idiota, que é uma faceta de Rey que ainda não vimos, mas que há um pouco mais neste filme. Definitivamente não tenho as dificuldades que Rey tem, porque minhas ações não determinam o destino da galáxia. Embora eu tente fazer a coisa certa. Eu faço minhas próprias acrobacias, então fisicamente, somos bem parecidas.

Este papel colocou você em destaque. Deve ter sido difícil.
Sim, porque amo privacidade. E então tudo aconteceu de repente, e os nomes dos meus pais estão na internet, os da minha irmã e a minha comida favorita. Isso foi bem estranho. Mas, estranhamente, ficou mais fácil, já que agora vem em ondas. Então está tudo bem.

Se você pudesse falar consigo mesmo há cinco anos, diria: “Tudo ficará bem”?
Sim. Também percebi que sou uma fã do controle. Então eu diria: “Ok, você ainda tem controle de si, de suas reações. E aproveite.” Estou me divertindo muito e gostaria de ter gostado um pouco mais e estressado menos.

Você sente ansiedade por não haver outro “Star Wars” na agenda?
Definitivamente, há uma brecha na programação da minha vida. Não farei nada depois do Natal. É divertido até o filme sair. E então eu vou perguntar: “Meu Deus, e agora?”

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo