MasterChef - A Revanche: ‘Um ponto não tem diferença nenhuma’, diz Jacquin

Por Karen Lemos e Vinicius de Melo - Band

O curitibano Vitor Bourguignon venceu o andreense Estefano Zaquini nesta terça-feira, 17, na disputa pelo título de MasterChef – A Revanche após uma decisão dos jurados Henrique FogaçaPaola Carosella e Erick Jacquin. Com a somatória das notas, o campeão levantou o troféu por apenas um ponto.

Leia mais:
MasterChef – A Revanche: ‘Técnica nunca ganha sobre sabor’, afirma Paola
MasterChef – A Revanche: ‘O maior prêmio é a projeção do programa’, diz Ana Paula Padrão

Em entrevista ao Portal da Band, o chef de cozinha Jacquin disse que a decisão foi baseada no que os jurados provaram durante os pratos da final. "Um ponto [significa que] não tem diferença nenhuma [no menu deles]. Foi o paladar dos jurados que fez a verdadeira diferença", disse.

"Não tenho ideia porque o Vitor ganhou. São três jurados que dão notas, então pode ter sido meio ponto a mais de um e meio ponto a mais de outro. Eu não sei mesmo, mas foi uma temporada bem legal, bem bacana. Foi bem equilibrada a final e os dois mereciam o troféu", completou.

Para Jacquin, conhecer os participantes não influenciou no resultado. "Não, não. Nada a ver. Tudo é de momento", garantiu. Ao final, o jurado afirmou que está ansioso para a sétima temporada do MasterChef Brasil, com cozinheiros amadores. "Vamos ver como será a seleção. Espero que seja muito boa", finalizou.

Loading...
Revisa el siguiente artículo