MasterChef Brasil - A Revanche: ‘Ele fez por merecer’, afirma mãe de Vitor

Lucia Santana Bourguignon disse que o filho é muito concentrado, competitivo e persistente

Por Vinícius de Melo - Band.com.br

O curitibano Vitor Bourguignon enfrentou o andreense Estefano Zaquini na final do MasterChef – A Revanche e, para acompanhá-lo nessa difícil etapa, ele recebeu nos estúdios da Band a sua mãe Lucia, sua irmã Gabriela e a namorada Isadora.

Em entrevista ao Portal da Band, Lucia Santana Bourguignon falou sobre emoção de ver o filho cozinhar na final do programa. "Eu não imaginava, mas acreditava muito na capacidade dele de superação. Ele é concentrado, muito competitivo, tem muita garra e muita persistência", afirmou.

"Para mim, é um motivo de alegria vê-lo aqui. Meu coração está explodindo [de felicidade]. Ele fez por merecer para chegar até aqui. Todos eles, só devirem até aqui se expor, cozinhar, mostrar para o Brasil quem são, levar bronca. Isso merece um louvor. Todos eles são guerreiros", completou.

Segundo a mãe de Vitor, ele aprendeu a cozinhar com ela desde pequeno e já recebia feedback exigente mesmo em casa. "Ele cozinhava comigo em casa quando era pequeno e o pai, com o paladar muito apurado, pedia os pratos: 'Vitor, faz o filé mignon da sua mãe. Vitor, faz isso, faz aquilo'. Então isso foi plantando uma sementinha no coração dele desde que ele era criança", revelou.

MasterChef Brasil – A Revanche: ‘Todo mundo torce por ele’, diz mãe de Estefano

Patricia Zaquini disse que ficou nervosa ao acompanhar o filho durante as gravações da final

"Ele é muito concentrado cozinhando. Quando eu ligo para ele e ele está cozinhando, ele fala: 'Mãe, agora eu não posso falar muito porque eu estou fazendo uma receita'. Então, ele se concentra e faz aquele prato ficar muito saboroso. No MasterChef foi a mesma coisa. Os colegas vieram falar comigo no mezanino e falaram que ele estava muito calmo e focado", completou.

Lucia acredita que Vitor tenha conseguido entregar os pratos que queria para os jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin. "Acho que ele atingiu 90% dos objetivos dele. Pela montagem dos pratos que eu vi, estava tudo muito legal. Mas teve vários momentos que me deixaram nervosa, quando por exemplo ele derrubou no chão o molho que ele tinha deixado para o prato principal", afirmou.

A mãe do cozinheiro finalista disse ainda que o filho deve estudar bastante após o MasterChef – A Revanche. "Ele quer fazer vários cursos. Se ele ganhar, ele vai fazer um bom proveito do dinheiro. Ele ama essa profissão. Acredito que ele vá fazer o curso na Le Cordon Bleu e montar mais alguma coisa, mas eu não sei ainda porque ele não me passou", disse.

"Ele tinha tudo para ser um advogado de sucesso, mas ele mudou de rumo e foi para a gastronomia. Isso só mostra que você só é feliz quando você tem a coragem de fazer o que te faz feliz. Que isso sirva de exemplo para as outras pessoas que querem ser felizes também", finalizou Lucia.

O grande vencedor do MasterChef – A Revanche vai levar R$ 250 mil do Banco do Brasil, um curso de técnicas tradicionais da culinária francesa no Le Cordon Bleu Rio de Janeiro, uma cozinha completa da nova linha Brastemp Gourmand, uma cozinha equipada com produtos da Tramontina e o cobiçado troféu da temporada. Ambos finalistas serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour.

O MasterChef – A Revanche é um formato da Endemol Shine Group, produzido pela Endemol Shine Brasil em uma co-produção com a Band e o Discovery Home & Health. A final do programa será nesta terça-feira, 17, às 22h45, na tela da Band (com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para dispositivos móveis). O anúncio do vencedor será feito ao vivo, pela apresentadora Ana Paula Padrão.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo