Justin Bieber pede desculpas por falas racistas: 'era jovem e ignorante'

Por Estadão Conteúdo

Em um post no Instagram, na terça-feira, 3, Justin Bieber se desculpou por comentários racistas realizados por ele no passado.

Na publicação, com a frase "lute contra o racismo", o cantor diz que o racismo ainda é muito prevalente: "E eu quero usar minha voz para lembrar que somos todos humanos e todos temos o mesmo valor aos olhos de Deus", enfatizou.

O músico já anunciou frequentar a Igreja evangélica Hillsong com sua mulher, a modelo Hailey Bieber. Em 2014, o site de notícias TMZ publicou um vídeo em que ele fazia uma piada racista quando tinha 15 anos.

Bieber chegou a se desculpar, dizendo que, como criança, "não entendia o poder de certas palavras e como elas podem machucar".

Em setembro deste ano, ele comentou sobre sua carreira e intimidade, e revelou que sofreu de depressão. "Esses altos e baixos são muito difíceis de administrar. Muitas bandas e pessoas que fazem turnês acabam tendo uma fase de abuso de drogas. Têm dificuldades de administrar os altos e baixos que vem com ser uma personalidade do entretenimento".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo