Ativistas da causa animal escolhem Joaquin Phoenix, o Coringa, como personalidade do ano

Por Estadão Conteúdo

Joaquin Phoenix ganhou o prêmio de personalidade do ano pela organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (Peta, sigla em inglês). O protagonista de Coringa é vegano desde os três anos de idade e hoje é ativista da causa.

LEIA MAIS:
Famílias com renda elevada gastam 24,6% a mais com atividades culturais
Documentário de Taylor Swift pela Netflix será lançado ano que vem

Com a campanha We Are All Animals (Somos Todos Animais), Phoenix estampa um outdoor na conhecida avenida Times Square, dos Estados Unidos, contra o especismo – ideia de que os seres humanos estão acima das outras espécies.

"Quando olhamos o mundo através dos olhos de outro animal, vemos que por dentro somos todos iguais, e que todos nós merecemos viver livres do sofrimento", disse o artista em entrevista à Peta.

Segundo a fundadora da ONG, Ingrid Newkirk, Joaquin Phoenix nunca perde a oportunidade de priorizar a situação dos animais e "dar um ótimo exemplo ao ativismo vegano."

"A Peta se orgulha de iniciar a temporada de premiações honrando a dedicação de Phoenix em mostrar a todos que, quando se trata de sentir medo, dor e amor, um ser humano não é diferente de uma galinha ou um hamster", afirmou ela.

Loading...
Revisa el siguiente artículo