CCXP19: ‘Nino poderia ter sido o Harry Potter’, afirma Cao Hamburguer sobre Castelo Rá-Tim-Bum

Por Vinícius de Melo, direto da São Paulo Expo

Nino, Morgana, Tio Vitor são personagens que hoje vivem no imaginário da população brasileira graças a Cao Hamburguer, criador do programa Castelo Rá-Tim-Bum, série exibida originalmente na TV Cultura. Porém eles poderiam fazer parte da cultura pop mundial se uma negociação entre a emissora e canais americanos tivesse ido para frente.

“É curioso que o Castelo é anterior ao Harry Potter e, em 1994, ele fez muito sucesso. Na época, alguns canais americanos quiseram comprar os direitos globais do programa, mas a TV Cultura não negociou. [Se tivesse], o Nino poderia ter sido o Harry Potter”, afirmou o produtor brasileiro durante a CCXP 2019 nesta quinta-feira, 5.

Hamburger também falou sobre como eram feitos as animações do programa. “Utilizamos a técnica de pintar no vidro, como Star Wars fazia. A gente precisava de efeitos especiais e não tinha muito dinheiro, mas tinha uma equipe muito competente e criativa”.

Sobre o sucesso da série, que completa 25 anos em 2019, o produtor disse que não previa. “Tirando as questões técnicas, é um programa muito atual. Durante as gravações, a gente sabia que tinha algo muito legal nas nossas mãos, mas não dava para prever tamanho sucesso”, finalizou.

A CCXP 2019 acontece entre os dias 5 e 8 de dezembro no São Paulo Expo e tem expectativa de receber 280 mil pessoas. Os ingressos estão esgotados.

Loading...
Revisa el siguiente artículo