Semana Internacional da Música de São Paulo chega a sua sétima edição com muitos shows

Por Metro Jornal

Este é um dos momentos da música nacional mais aguardados para músicos, produtores, trabalhadores do meio e fãs: começa nesta quarta (4) e vai até domingo (8) a Semana Internacional da Música de São Paulo, o SIM, com espaços para muita conversa, trocas de experiências, negócios e shows a perder de vista. Serão mais de 400 atrações ao vivo, incluindo internacionais, em 50 palcos espalhados em lugares importantes na cena paulistana.

Veja também:
Estrelas da CCXP ajudam a celebrar o feminino no pop
MasterChef – A Revanche: ‘Não gosto de canapés, não é a minha praia’ diz Thiago

Uma das partes mais aguardadas do SIM é a de showcases diurnos, que acontecem na Sala Adoniran Barbosa, no Centro Cultural São Paulo – que mais uma vez é a base do festival. Aberta ao público e gratuita, ela traz apresentações de 20 minutos dos 30 artistas selecionados. Entre nomes nacionais e internacionais, destaque para MC Tha, Luedji Luna, Terno Rei, Josyara, as canadenses Julie Neff e Aiza e a argentina Julieta Laso, entre outros.

A programação noturna é bem variada e gigante, com shows gratuitos, como na programação de sexta no Aparelha Luzia ou no La Comuna; com valores colaborativos, incluindo aí espaços como Caracol Bar e FFFront; até shows pagos, mas sempre com preços honestos, em média
R$ 20, incluindo espaços como Fauhaus, Breve, Mundo Pensante, Casa de Francisca, entre outros.

O encerramento também será uma grande festa gratuita, com Emicida, Drik Barbosa e o trio português Throes + The Shine, domingo, a partir das 15h, na Praça da Estação da Luz.

A programação do SIM é extensa e pode ser vista no site simsaopaulo.com.br. A entrada para toda a programação de painéis de conferência, atividades de negócios e networking e, claro, a todos os shows, está no terceiro lote e custa R$ 495 no site sympla.com.br.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo