Mostra de cinema russo chega à sexta edição com 12 filmes

Por Metro Jornal

Começa hoje a sexta edição da Mostra Mosfilm, que receberá até a próxima quarta-feira 12 longas metragens do cinema soviético e russo.

Serão 29 sessões, doze a mais que no ano passado, agora em dois pontos da cidade, no Spcine Olido (av. São João, 473; R$ 4) e Espaço Itaú (r. Augusta, 1.475;
R$ 10), que recebe às 21h o filme de abertura “A Balada do Soldado”, clássico de Grigori Chukhray, em exibição gratuita.

Veja também:
Semana Internacional da Música de São Paulo chega a sua sétima edição com muitos shows
Estrelas da CCXP ajudam a celebrar o feminino no pop

Produções de várias décadas serão exibidas nos oito dias de mostra, com diversidade de gêneros. Tem a ficção científica “Stalker”, de Andrei Tarkovsky, ou a popular comédia “A Prisioneira do Cáucaso”, de Leonid Gayday. Ambos os filmes passaram por cuidadosos processos de restauração recentemente.

Outra novidade é a exibição de um balé, a versão de “Spartacus” de Yury Grigorovich, de 1975, com o Balé Bolshoi. O filme mais recente da seleção é a comédia “Aluga-se uma Casa com Todos os Inconvenientes”, de Vera Storozheva, de 2016.

Outros filmes são “Volga-Volga”, de Grigori Aleksandrov, “Amigos Verdadeiros”, de Mikhail Kalatozov,
“O Comunista”, de Yuli Raizman, “Eles Lutam Pela Pátria”, de Serguei Bondarchuk, “Rapaziada!”, de Iskra Babich, “O Mensageiro”, de Karen Shakhnazarov, e
“A Flor de Pedra”, de Aleksandr Ptushko.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo