Segundo show de Shawn Mendes em São Paulo é cancelado

Por Metro Jornal

Após um primeiro show lotado no Allianz Parque na sexta-feira (29), o cantor Shawn Mendes cancelou sua segunda apresentação neste sábado (30) na capital paulista.

O artista usou as redes sociais para informar os fãs que não poderia subir ao palco porque foi diagnosticado com laringite. "São Paulo, eu sinto muito em ter que dizer isso, mas hoje eu acordei me sentido doente e fui a um médico, para descobrir que tenho laringite e sinusite, o que causou inchaço nas minhas cordas vocais", disse.

O artista lamentou o cancelamento do evento. "Quebra meu coração fazer isso mas os médicos me falaram que não posso me apresentar nesta noite ou arriscaria danos a longo prazo a minha voz. Eu amo muito todos vocês e peço desculpas do fundo do meu coração já que gostaria muito de estar no palco nesta noite. Eu prometo que irei compensá-los na próxima vez que estiver na América do Sul."

Segundo a produtora Move Concerts, todos os ingressos serão integralmente reembolsados e o show não será remarcado. Informações de reembolso serão disponibilizadas nos próximos dias no site da Livepass, ticketeria oficial do evento. Veja abaixo o comunicado oficial:

Lamentavelmente informamos que Shawn Mendes tem ordens expressas de seu médico pessoal para repouso total de suas cordas…

Posted by Move Concerts Brasil on Saturday, November 30, 2019

A apresentação prevista para este sábado foi a primeira anunciada por Shawn Mendes na cidade de São Paulo – o show de sexta foi uma data extra, devido o sucesso nas vendas de ingressos. Não há informações se o próximo show da turnê, no Rio de Janeiro nesta terça (3), será mantido.

Desinformação na fila do show

A notícia do cancelamento do show demorou para chegar aos fãs na fila do Allianz Parque. Segundo a estudante Rafaella Caroprese, 19 anos, não houve um anúncio oficial aos que esperavam para entrar no estádio.

"Tudo o que eu fiquei sabendo foi porque fomos atrás, eles não saíram para avisar ninguém. O que eles fizeram foi liberar quem estava na porta do estádio e quem estava nos outros quarteirões vieram gritando avisando que não iria ter o show", contou.

O público se espalhou pela região da Água Branca, na zona oeste de São Paulo, sem informações sobre reembolso – garantido pela produtora nas redes sociais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo