Alan Arkin e Michael Douglas mantêm sintonia em nova temporada de 'O Método Kominsky'

Por Metro Jornal

A ironia e os dissabores do envelhecimento mostrados com maestria por Michael Douglas, 75 anos, e Alan Arkin, 85, estão de volta, na segunda temporada de "O Método Kominsky", vencedor do prêmio de Melhor Série de Comédia no Globo de Ouro, e que já está disponível no serviço de streaming Netflix.

Leia mais:
Astrólogo Walter Mercado morre aos 87 anos
Blade Runner acertou ou errou feio as previsões para o futuro?

O show segue para o ator e professor de atuação Sandy Kominsky (Douglas) e seu antigo agente, Norman Newlander (Arkin), em suas jornadas pelos altos e baixos da "melhor idade" em Los Angeles, uma cidade apaixonada pela juventude.

Nesta nova temporada, dividida em oito episódios, Sandy conhece o novo namorado da filha, Martin (Paul Reiser), com idade mais próxima da dele do que da dela. Enquanto isso, Norman tenta se recuperar após a morte de sua mulher. E nessa busca por seguir a vida, se reconecta a uma velha paixão da juventude, Madelyn (Jane Seymour) cinquenta anos após viverem uma paixão.

Mas, mais importante que essas histórias, os dois amigos conseguem manter a marcante sintonia da estreia, com diálogos precisos, olhares de cumplicidade, comédia e muita sensibilidade. "Eu tinha um assento na primeira fila para assistir a dois mestres em seu ofício. Eles abordam o trabalho de maneira muito diferente, mas ambos alcançam uma performance impressionante e sempre surpreendente", diz o criador e diretor, Chuck Lorre.

O novo ano ainda conta com grandes participações especiais, de Bob Odenkirk, Allison Janney e Kathleen Turner.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo