MasterChef - A Revanche: ‘Já tinha criado mil receitas na minha cabeça’, diz Fabio

Por Vinícius de Melo - Portal da Band

Se a primeira Caixa Misteriosa do MasterChef – A Revanche não foi nada fácil para os outros cozinheiros, o participante Fabio Nunes estava praticamente em desvantagem. Isto porque ele teve de reinventar para os chefs uma omelete com plantas alimentícias não-convencionais (PANCs), prato que o fez sair do talent show culinário anteriormente.

"Foi uma surpresa, eu não tinha noção do que esperar. Quando eu vi o prato exatamente como eu fiz, horrível da mesma maneira, eu só lembrava dos meus pesadelos. Fiquei bem assustado porque eu olhei para um lado e tinha cordeiro, do outro lado tinha caranguejo, porém a Ana [Paula Padrão] disse que a gente seria avaliado em comparação ao que a gente tinha feito antes", disse em entrevista ao Portal da Band.

"Então, eu sabia que eu só precisava usar uma das mil receitas que eu já tinha criado na minha cabeça depois que eu fiz eliminado. Pensando: 'Putz, eu podia ter feito isso ou podia ter feito aquilo'. Como a Paola [Carosella] falou no dia em que eu fui eliminado que eu só precisava ter feito uma salada quente simples, eu foquei nisso, e lembrei de uma coisa que eu gosto muito na culinária que se chama krab cake, que é um bolinho de siri", continuou.

"Não sei o porquê, mas na hora me veio na cabeça fazer uma versão desse bolinho com cevadinha, cogumelo e ora-pro-nobis, que combinam muito com hibisco. O bolinho foi para mostrar um pouco mais de técnica e dar textura. Até pensei em fazer uma salada fria, mas quando a chef veio falar comigo e eu disse que iria picar em chiffonade a ora-pro-nobis, ela me fez lembrar que a ora-pro-nobis baba quando você pica ela e não fica legal", completou.

Para Fabio, o segredo dessa prova estava em relembrar e ouvir as dicas que os jurados dão. "Se a gente prestar atenção no que os chefs falam, dá certo. Eles estão ali sempre para ajudar a gente, na real. O [Erick] Jacquin disse que foi 1 mil por cento de evolução, comparado àquele prato anterior. Então, isso já quer dizer alguma coisa. Com esse feedback, deu para ver que eles entenderam que eu estou aqui para competir", finalizou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo