MasterChef – A Revanche: ‘Faltou organização no final’, lamenta Fernando

Cozinheiro quase não serviu molho de vinho do Porto em réplica de prato de Henrique Fogaça

Por Vinicius de Melo - Band.com.br

O cozinheiro Fernando Kawasaki teve um desafio a mais na primeira prova de Caixa Misteriosa do MasterChef – A Revanche. Além de ter que refazer o prato que o levou a ser eliminado do talent show culinário mais disputado do mundo, ele teve que preparar a receita de Henrique Fogaça na frente do chef.

"Foi um pesadelo, porque esse é aquele típico prato que fica ecoando na sua mente por um bom tempo. Desde a minha eliminação na segunda temporada, eu acho que treinei muito esse prato – menos o cordeiro, por conta do preço. Mas o aligot, que tem ingredientes mais baratos, era uma coisa necessária", disse o paulista em entrevista ao Portal da Band.

"Eu lembrei muito das críticas que fizeram: 'Parece o prato do Conde Drácula, cheio de sangue'. Então, minha preocupação era servir a carne em um ponto muito bom, que é ao ponto menos, no qual o cordeiro fica bem rosado, mas sem manchar o purê. Fiz o aligot um pouco mais leve e me organizei muito para que tudo saísse bem", completou.

Segundo Fernando, havia uma pressão extra na sua prova por ter que reproduzir o cordeiro ao molho de vinho do Porto com aligot e shimeji na frente de Fogaça novamente. "Seria um pouco de pretensão querer fazer uma réplica igual ao prato de um chef que é jurado do maior talent show [gastronômico] do mundo. É quase um sacrilégio. Então, eu tentei fazer o mais próximo possível. Fui organizando meu tempo para isso, mas faltou organização no final", afirmou.

Veja também:
‘Consegui consertar meus erros’, celebra Vitor
‘Eu me abalei emocionalmente desta vez’, conta Vanessa

"Não vou nem dizer que é culpa do tempo, porque o tempo corre igual para todo mundo. Só que eu estava tão focado em servir um aligot bem quentinho na hora que acabei esquecendo o resto das coisas do prato, que não foram problemas da outra vez. Fiquei brisando naquele lance de tirar o sangue da carne, de colocar em cima do purê e, quando eu vi, faltavam apenas 10 segundos", explicou.

"Eu fui pegar uma colher para puxar o molho, mas eu tinha usado todas elas para provar e eu só tinha uma colher de chá na mão. Coloquei o molho que deu. Apesar de ter sido um erro feio na questão de organização, não foi tão crucial quanto os erros dos meus colegas. Acho que a atenção ao preparo da carne e do aligot, que são os elementos principais do prato, acabaram salvando a minha pele", concluiu.

Fernando ainda acredita que poderia ter sido vencedor da prova se tivesse servido mais molho. "Eu lamento muito ter perdido, mas eu teria que ter feito um trabalho impecável para chegar ao patamar que o Vitor [Bourguignon] conseguiu chegar. Eu queria tanto ganhar uma provinha para ganhar o dinheiro do Cartão Carrefour, porque não está fácil para ninguém. Até compraria um pouco mais de cordeiro para treinar", brincou.

O MasterChef – A Revanche é um formato da Endemol Shine Group, produzido pela Endemol Shine Brasil em uma co-produção com a Band e o Discovery Home & Health. O programa vai ao ar todas às terças-feiras, às 22h45, na tela da Band (com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para dispositivos móveis). A atração também vai ao ar às sextas-feiras, às 20h30, no Discovery Home & Health.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo